Adolescente consegue liminares, mas continua sem UTI e família pede ajuda | Gazeta Digital

Terça, 28 de novembro de 2017, 16h16

morador de sinop

Adolescente consegue liminares, mas continua sem UTI e família pede ajuda

Valquiria Castil, repórter do GD


Adolescente de 15 anos internado há mais de 2 meses no Hospital Regional de Sinop (500 km ao sul de Cuiabá) corre risco de morte por falta de transferência para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Cuiabá. Vitor Hugo da Silva Castro já conseguiu 2 liminares na Justiça, porém o Estado não cumpriu a decisão e o quadro de saúde do garoto tem se agravado, segundo os familiares.

Reprodução/Facebook

Vitor deu entrada no hospital, no dia 18 de setembro, com quadro de diarreia. A família diz que o garoto deveria ser internado em uma UTI, mas permaneceu na sala vermelha por mais dois dias. Uma falha no sistema de regulação impediu a inclusão do paciente no SUS, ficando fora da fila de espera.

O tio do adolescente e advogado da família, Belmiro Castro, disse que o hospital relatou estar sem condições técnicas para atender o garoto. “Com toda a situação eu entrei com um pedido de liminar solicitando para que ele fosse transferido para qualquer lugar onde tivesse UTI, conforme a necessidade dele, e conseguimos” afirmou Castro.

Para atender a liminar, a unidade reabriu a UTI que estava fechada e internou Vitor no próprio Hospital Regional de Sinop. “Mas passado alguns dias o hospital emitiu um novo relatório médico dizendo que a UTI esta sem condições técnicas para atender o Vitor, porque precisava fazer um exame, estava com hemorragia interna e precisavam descobrir onde. O procedimento especificava que ele precisava de um centro de atendimento mais avançado e a família deveria providenciar a transferência dele”, relata o advogado.

Novamente a família entrou com um novo pedido de liminar. Vitor Hugo chegou a utilizar 6 bolsas de sangue em apenas 1 dia. No dia 17 de novembro, os médicos fizeram uma cirurgia de urgência para encontrar a hemorragia. Na última terça-feira (21) a Justiça concedeu uma nova liminar com a determinação de tratamento adequado, incluindo transferência e internação, de Vitor Hugo num prazo de 24 horas para “um leito de UTI em hospital especializado”.

Quando foi na sexta-feira (24), sem ter a decisão judicial cumprida, o garoto passou outra cirurgia de emergência por conta de uma hemorragia no cérebro. “Ele teve um AVC. Com isso ele ficou sem condições de ser transferidos nas primeiras 46h, mas esse prazo já passou e não temos nenhum retorno, não fala o que ele tem e nem dão um relatório da situação do Vitor. Apenas sabemos que o estado dele é crítico e gravíssimo”, informa Belmiro.

“A mãe está desesperada. Ele chegou andando no hospital e agora não esboça nenhum sinal consciente com os olhos, as mãos, nada. A vida para o Estado não vale nada”, lamenta.

Uma campanha feita através de redes sociais pede ajuda para custear esse período de internação de Vitor Hugo que se alimenta por sonda e precisa de alimento específico, além de medicamentos que o SUS não fornece. Daniela Luciana, mãe do garoto, também está fazendo rifas para angariar fundo e auxiliar no tratamento do filho. Confira aqui página no Facebook

Para entrar em contato com a família para oferecer algum tipo de ajuda entre em contado pelo telefone de Daniela, (66) 9 9684-5302, ou pela avó Maria Pedra, (66) 9 918-4144. Quem puder ajudar a família financeiramente basta fazer depósitos na conta da vó de Vitor Hugo.

Caixa Econômica Federal
Ag: 0854
Op: 013 (poupança)
Conta: 642578-5
Maria Pedra Aguiar Castro (avó de Vitor Hugo).

Outro lado

A Secretaria de Estado de Saúde afirmou que já providênciou a transferência de Vitor Hugo para Cuiabá, mas que a Central de Regulação ainda não encontrou uma vaga para internar o garoto pelo SUS. Acontece que a liminar judicial determina que em caso de não encontrar no sistema de saúde público, deve-se providenciar o atendimento pela rede particular de saúde. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 16 de janeiro de 2018

10:29 - Nova terapia para conter casos de aids no País está restrita a 3 postos públicos

Segunda, 15 de janeiro de 2018

15:22 - Funcionários da Santa Casa deflagram greve e unidade recusa pacientes

10:42 - Prefeitura de Tangará da Serra vai assumir gestão de UTI no município

07:30 - Casos de chikungunya disparam a 141% e MT Saúde faz campanha contra o Aedes

Sexta, 12 de janeiro de 2018

16:30 - Primeira morte por febre amarela em 2018 é confirmada no Rio de Janeiro

11:51 - Hospitais filantrópicos fecham UTIs e deixam de receber pacientes do SUS

Quinta, 11 de janeiro de 2018

18:30 - Secretaria confirma a morte de 67 macacos bugios pela febre amarela

10:08 - Adolescente de 15 anos morre sem diagnóstico e família vai processar

Quarta, 10 de janeiro de 2018

17:30 - São Paulo vacinou sete milhões contra febre amarela em 2017

14:33 - Ministro da Saúde nega risco de falta de vacina contra febre amarela


// leia também

Terça, 16 de janeiro de 2018

11:19 - Matrículas em Várzea Grande e no interior começam nesta terça-feira

10:52 - Carro bate de frente com moto em ultrapassagem e 3 morrem no local

09:08 - Vencimento da fatura de água vai mudar para todo dia 4 para unificar cobrança

08:42 - Relógio totem será instalado para os cuiabanos acompanharem contagem

08:17 - Universitária que estava desaparecida é encontrada em hotel do interior

Segunda, 15 de janeiro de 2018

18:37 - Em evento cultural, clínica apresenta novidades e o atendimento humanizado

16:08 - Ambulância capota após pneu estourar e ocupantes saem ilesos

15:47 - Motorista de carreta morre carbonizado em acidente na BR-364

13:59 - Menino de 3 anos morre afogado em piscina na casa dos avós

10:21 - Prefeitura inicia revitalização da passarela da Fernando Corrêa


 veja mais
Cuiabá, Terça, 16/01/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 16/01/2018
525898e38d98c5884d744481421366ca anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

O próximo presidente da República deve dar importância aos direitos humanos?




Logo_classifacil









Loja Virtual