Sem especialistas, quadro de saúde do adolescente Vitor Hugo se agrava | Gazeta Digital

Quinta, 04 de janeiro de 2018, 16h02

Sem especialistas, quadro de saúde do adolescente Vitor Hugo se agrava

Valquiria Castil, repórter do GD


Reprodução/Facebook

Vitor Hugo foi internado no dia 18 de setembro com quadro de diarreia e desde então se encontra internado em UTI. 

Um mês após ter conseguido transferência para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Pronto-Socorro de Cuiabá por determinação da Justiça, o adolescente Vitor Hugo, 15, morador de Sinop (500 Km ao norte de Cuiabá) não apresentou melhora no seu estado de saúde. Sem diagnóstico da doença, durante mais 100 dias de internação o garoto já passou por 3 cirurgias e permanece numa situação grave, porém estável através de máquinas e transfusões de sangue. A família denuncia que faltam médicos especialistas que possam descobrir qual é a doença do garoto.

Daniela Luciana, mãe do garoto, está desesperada sem saber o que fazer para que o filho volte a ter a vida saudável que tinha antes de dar entrada no Hospital Regional de Sinop, com uma diarréia, no dia 18 de setembro. “Agora, depois de 30 dias internado no Pronto-Socorro me falam que não tem como tratar dele lá, que não há condições de descobrir o que ele tem por falta de pelo menos 4 médicos especialistas: gastrointestinal, nutrólogo, endocrinologista e reumatologista”, desabafa.

Segundo Daniela, a Central de Regulação tem uma transferência do Vitor Hugo aprovada para o Hospital Julio Müller, também em Cuiabá, onde teriam profissionais adequados para atendê-lo. No entanto, não há vagas para internar o adolescente. Outra alternativa encontrada pela família seria entrar com uma ação judicial para pedir transferência para fora do Estado.

“Como não tem vaga no Júlio Müller, o certo seria providenciar outro lugar para ele na cidade, inclusive, estamos tentando pedir uma transferência para fora do Estado, mas acontece que o Pronto-Socorro não fornece o laudo médico do Vitor Hugo para podermos entrar na Justiça. Eles [direção do Pronto-Socorro] alegam que isso só acontece quando não tem como tratar aqui no Estado. Se não conseguem saber o que ele tem e tratar dele, por que dificultam tanto a cura do meu filho? Além de tudo meu filho agora está com uma infecção generalizada”, lamenta.

Por conta das hemorragias que teve no cérebro e no intestino Vitor Hugo já passou por 3 cirurgias e utilizou cerca de 50 bolsas de sangue, dentro desse período internado. No momento, ele encontra-se sedado devido a uma complicação que surgiu durante o final de semana.

Leia mais - Adolescente de Sinop que precisava de UTI é transferido para Cuiabá

Adolescente consegue liminares, mas continua sem UTI e família pede ajuda

Outro lado

A Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá confirma que o atual quadro de saúde de Vitor Hugo é estável, mas negou a falta de médicos no Pronto-Socorro. "Ele está sendo assistido e internado na UTI recebendo toda a atenção necessária para que a saúde dele seja reestabelecida", disse por meio da assessoria de imprensa.

Ainda segundo a pasta, ocorreu uma falha na comunicação com a família. "Houve a reunião da família, com a superintendência e o intensivista responsável pela assistência ao paciente Vitor Hugo, onde foi explicado todo quadro clínico e necessidades do mesmo", diz em nota. 

O caso

Vitor Hugo deu entrada no hospital de Sinop, no dia 18 de setembro, com quadro de diarréia. O menino passou 2 dias em uma ala do hospital e só depois conseguiu ser internado na UTI, no entanto o próprio hospital informou que estava sem condições técnicas para atender o garoto, isso na época em que parte da unidade foi fechada por conta da crise na saúde em todo o Estado. Com isso, um pedido de transferência foi solicitado e a Justiça concedeu liminar obrigado que o Estado transferisse o garoto para uma UTI.

Divulgação

Adolescente veio transferido em UTI aérea de Sinop para Cuiabá no dia 29 de novembro. Quadro de saúde se mantém estável desde então, através de aparelhos médicos. 

Para atender a liminar, a UTI foi reaberta e Vitor internado no próprio Hospital Regional de Sinop. No entanto, ele precisou de um procedimento mais específico. A família deveria providenciar a transferência dele para um centro médico mais avançado.

Novamente a família entrou com pedido de liminar. Vitor teve seu quadro de saúde agravado com hemorragia na cabeça e precisou fazer outra cirurgia, dessa vez, no cérebro. Mesmo com a determinação de transferência, os médicos o impediram de sair da UTI pelas primeiras 48h. Após esse período ele conseguiu ser transferido para o Pronto-Socorro de Cuiabá, onde está desde o dia 29 de novembro.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 10 de agosto de 2018

07:50 - Hospital Geral cancela cirurgias e recusa pacientes de UTI

Quinta, 02 de agosto de 2018

08:45 - Entenda como será a campanha de vacinação contra o sarampo e a pólio

Quarta, 01 de agosto de 2018

16:30 - Processado pelo MP, Luiz Soares diz que obedece leis e nega crimes

11:57 - Pesquisa aponta que home care é o serviço de saúde que mais cresce no Brasil

Segunda, 30 de julho de 2018

16:58 - ANS revoga norma que prevê cobrança de até 40% dos clientes em planos

Sexta, 27 de julho de 2018

15:01 - Problema em distribuição afeta estoques de vacina contra meningite C

13:20 - Teste do pezinho identifica mais de 20 doenças congênitas

Sexta, 20 de julho de 2018

18:45 - Presidente do CRM-MT condena tentativa de barrar atendimentos em saúde

16:34 - Mulheres correm mais risco de sofrer infarto que os homens

11:40 - Santa Casa de Rondonópolis suspende atendimento em UTI pediátrica


// leia também

Terça, 14 de agosto de 2018

14:47 - Sebrae apoia Feira de Orgânicos no Centro Político Administrativo

13:34 - Confira 4 dicas para se preparar para os seletivos de estágio e trainee

10:48 - Motorista morre imprensado por cabine de carreta na Estrada da Guia

07:16 - Uruguai autoriza retomada de processos contra Arcanjo

Segunda, 13 de agosto de 2018

17:19 - Com umidade de 12%, Cuiabá tem 'clima de deserto' e alerta de emergência

13:58 - Motorista fica ferido após capotar Fiat Uno em estrada de Nova Mutum

10:36 - Concursos em Mato Grosso oferecem salários de até R$ 8,9 mil

Domingo, 12 de agosto de 2018

10:54 - 5 funcionários de empresa ficam feridos em acidente de carro

10:20 - Campeonato Brasileiro de Boxe é esperança profissional para jovens atletas

09:21 - Empresária morre após capotar carro que carregava 6 pessoas


 veja mais
GDEnem

Cuiabá, Quarta, 15/08/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 15/08/2018
Dcb362fa6df370b7d120182d5bfb19db anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Qual a sua postura nestes tempos de seca?




Logo_classifacil









Loja Virtual