Trabalhador acidentado não recebe indenização ao agir com imprudência | Gazeta Digital

Segunda, 15 de janeiro de 2018, 09h35

Trabalhador acidentado não recebe indenização ao agir com imprudência

Aline Cubas, repórter do TRT


Um trabalhador que se acidentou na indústria de tubos de concreto onde atuava teve seu pedido de indenização negado pela Justiça do Trabalho. As provas apresentadas no processo judicial confirmaram que a culpa pelo acidente foi exclusivamente dele, não cabendo, assim, ao empregador o dever de indenizá-lo.

A decisão, tomada pela 2ª Turma do TRT de Mato Grosso, confirmou sentença proferida pela juíza Leda Borges de Lima, em atuação na 8ª Vara do Trabalho de Cuiabá.

Reprodução

Ao ajuizar a reclamação na Justiça do Trabalho, o operador de central contou que estava trabalhando normalmente em uma manhã de sábado quando, ao tentar fazer a desobstrução da esteira da máquina de concreto, seu pé esquerdo ficou preso, resultando no esmagamento e amputação de dois dedos. O infortúnio teria ocorrido, conforme afirmou o trabalhador, por não haver recebido as devidas orientações para o manuseio da máquina e tampouco os equipamentos de proteção individual.

Em sua defesa, a empresa alegou que o ocorrido se deu em razão do descuido e negligência do ex-empregado.

No Tribunal, o relator do processo, desembargador Roberto Benatar, ressaltou que, em regra, a responsabilidade civil do empregador para indenizar o empregado que sofreu acidente de trabalho é subjetiva, sendo necessária a caracterização do dano, da culpa/dolo do empregador e do nexo de causalidade (ligando o ato praticado e o dano ocorrido).

No caso, tanto o acidente quanto o nexo de causalidade eram incontroversos, restando apenas analisar se ele teria sido decorrente da negligência da empresa ou culpa da vítima.

Ao analisar as provas, o desembargador-relator observou que as atribuições do operador consistiam em controlar a esteira, ligando-a e desligando-a quando necessário, tendo o empregado optado por mantê-la ligada ao remover massa que estava obstruindo a máquina, função que nem sequer era sua, cabendo aos auxiliares de produção a realização de tal remoção.

Por tudo isso, concluiu que o empregado praticou ato inseguro, uma vez que tentou fazer a máquina voltar a funcionar normalmente sem desligá-la e, ainda por cima, sendo que a atividade não estava entre suas atribuições. “Diante do acervo probatório, concluo que a vítima foi quem atraiu, com sua incúria, as consequências nefastas que experimentou, sendo o responsável pelo evento danoso que a acometeu”, finalizou.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Domingo, 22 de julho de 2018

12:11 - Goiabeiras Shopping terá de disponibilizar creche ou reembolsar trabalhadoras

Domingo, 08 de julho de 2018

12:08 - Trabalhador acusado de falar mal da empresa pelo whatsapp tem justa causa revertida

Domingo, 01 de julho de 2018

09:35 - Trabalhador é condenado a pagar multa a ex-patrão por cobrar verba já recebida

Domingo, 17 de junho de 2018

11:40 - Metalúrgica de Alta Floresta é condenada por trabalho infantil

11:31 - Menor que trabalhava como mecânico de automóveis receberá R$ 10 mil em indenização

11:21 - Rede de supermercados é condenada em R$ 5 milhões por descumprir normas

11:19 - Ex-gerente consegue rescisão indireta após excesso em cobrança de metas

Terça, 05 de junho de 2018

10:11 - Empresa é condenada por pagar salário 'por fora' para gerente de vendas

Sábado, 02 de junho de 2018

11:39 - Açougueiro obtém rescisão indireta por falta de recolhimento do FGTS

Quinta, 31 de maio de 2018

11:45 - Justiça homologa acordo de R$ 619 mil em ação por morte de trabalhador


// leia também

Quinta, 16 de agosto de 2018

18:00 - Homem bêbado atravessa fora da faixa e é atropelado

15:37 - Após 3 meses, exames confirmam vírus H3N2 como causa de morte

14:53 - Frigorífico é evacuado após vazamento de gás amônia

11:46 - Bimotor apresenta problema no trem de pouso e tomba na pista em Sinop

09:43 - Motociclista morre ao ser atropelado por ônibus escolar

09:09 - Criança morre ao cair sobre copo de vidro e ter o tórax perfurado

07:42 - Mato Grosso possui 7,4 mil membros em duas facções criminosas

Quarta, 15 de agosto de 2018

18:06 - MP investiga médico que é ex-BBB e candidato a deputado em MT

17:22 - Vídeo mostra motorista bêbado em zigue-zague antes de sofrer acidente - assista

15:53 - Carreta descontrolada com carga de algodão tomba e pega fogo na BR-364


 veja mais
GDEnem

Cuiabá, Sexta, 17/08/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sexta, 17/08/2018
3530ffce5712a5fc35d6534a46b49165 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Cuiabá é uma cidade acolhedora para ciclistas?




Logo_classifacil









Loja Virtual