Tenente Ledur consegue mais um atestado e fica afastada até 14 de março | Gazeta Digital

Segunda, 05 de fevereiro de 2018, 09h39

Tenente Ledur consegue mais um atestado e fica afastada até 14 de março

Celly Silva, repórter do GD


A tenente do Corpo de Bombeiros Izadora Ledur Souza Dechamps apresentou mais um atestado médico e vai continuar afastada do cargo até o dia 14 de março. Ela é ré acusada de tortura de Rodrigo Claro, 21, que morreu após um treinamento aquático conduzido por ela, em novembro de 2016.

Conforme a assessoria do Corpo de Bombeiros, o atestado médico da tenente Ledur é amparado por uma junta de 3 profissionais, sendo dois do Estado e um da rede privada. Segundo vinha sendo noticiado pela defesa, Izadora Ledur sofre com depressão desde a morte de Rodrigo Claro. Não há limite para a apresentação de atestados.

Gazeta Digital

Izadora Ledur é acusada de torturar Rodrigo Claro, que foi afogado por ela em treino e morreu após complicações 

No último dia 31 de janeiro, conforme publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), a conclusão dos trabalhos do Conselho de Justificação instaurado contra a tenente Ledur foi sobrestado por 20 dias, a contar do dia 24 de janeiro. A suspensão dos trabalhos foi autorizada pelo governador Pedro Taques (PSDB), pelo secretário-chefe da Casa Civil Max Russi e pelo secretário da Casa Militar Wesney de Castro Sodré.

Leia também - Tenente Ledur mandou aluno enfiar bandeira no ânus, relata ex-aluno

No âmbito judicial, houve audiência de instrução no último dia 26, na 7ª Vara Criminal, onde vários soldados que passaram na mesma turma da vítima relataram como era o tratamento dado por Ledur aos seus alunos e como Rodrigo Claro e outros colegas que tinham dificuldades nos treinos de natação eram perseguidos pela instrutora. Na ocasião, 5 bombeiros que compunham a equipe de treinamento e eram réus junto com Ledur aceitaram um acordo proposto pelo Ministério Público Estadual (MPE) e tiveram seus processos suspensos e desmembrados, restando a acusação de tortura apenas contra Izadora Ledur.

O caso

Rodrigo Claro morreu aos 21 anos de idade, no dia 15 de novembro de 2016, vítima de uma hemorragia cerebral causada poucas horas após participar de treinamento e atividades aquáticas, pelo 16º Curso de Formação de Soldado Bombeiro do Estado de Mato Grosso.

Durante o treino, ele foi submetido pela tenente Ledur a sessões de afogamento, conhecidos como “caldos”, durante a travessia da lagoa Trevisan. Ele chegou a ser hospitalizado, mas após cirurgia e 5 dias de internação na UTI, acabou morrendo.  

Conforme relatos de bombeiros que fizeram o curso junto com Rodrigo, além dos afogamentos, era constante o tratamento agressivo e humilhante por parte de Ledur, que costumava xingar, menosprezar e gritar com seus alunos, principalmente os que passavam por mais dificuldade nas atividades coordenadas por ela. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 08 de maio de 2018

12:10 - Taques suspende prazo de investigação contra tenente acusada de tortura e morte

Quarta, 18 de abril de 2018

17:21 - Provas para cães bombeiros ocorrem nesta quinta-feira na Arena Pantanal

Quarta, 11 de abril de 2018

07:25 - Suspensão de processo contra bombeiros por morte de aluno deve ser revertida

Quarta, 04 de abril de 2018

10:24 - Juiz interroga tenente Ledur em ação por morte de aluno

Terça, 20 de março de 2018

10:05 - Justiça remarca interrogatório da tenente Ledur por causa da morte de aluno

Quinta, 08 de março de 2018

10:05 - Governador suspende por mais uma semana processo da tenente Ledur

Quinta, 01 de fevereiro de 2018

08:00 - Aumentam as ocorrências atendidas pelo Corpo de Bombeiros no Estado

Sexta, 26 de janeiro de 2018

14:20 - Tenente Ledur mandou aluno enfiar bandeira no ânus, relata ex-aluno

11:38 - Audiência de tenente Ledur pode ser prorrogada

Terça, 02 de janeiro de 2018

15:08 - Tenente Ledur presta depoimento este mês por tortura


// leia também

Quinta, 24 de maio de 2018

17:39 - Caminhoneiros em greve 'invadem ruas' com buzinaço até a sede do governo - veja vídeos

16:15 - Sem combustível, frota de ônibus é reduzida em 50% em Cuiabá e VG

14:01 - Falta de combustível compromete transporte coletivo de Cuiabá e VG

13:21 - Prática da meditação mindfulness ganha adeptos em Mato Grosso

11:36 - Cuiabá e VG começam a ficar sem combustíveis e preços 'disparam' nas bombas - veja fotos

10:47 - Motociclista morre ao bater em caminhão parado

08:49 - Acidente entre 2 carros mata 5 pessoas na MT-358

07:49 - Dois ficam feridos em acidente entre L200 e Tempra na BR-364

Quarta, 23 de maio de 2018

19:30 - Bloqueios em BRs deixam 4 cidades de MT sem combustíveis e pode faltar comida - veja fotos

16:51 - Motoristas de Uber e de guinchos fazem buzinaço e carreta contra reajustes - fotos e vídeos


 veja mais
Cuiabá, Quinta, 24/05/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Quinta, 24/05/2018
277143c492047e9092189af323a8546f anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Dia da Liberdade de Impostos mobilizou comerciantes de todo o país nesta quinta-feira (24)




Logo_classifacil









Loja Virtual