Chefe da PM expulsa sargento preso por tráfico com armas e munições | Gazeta Digital

Quarta, 07 de fevereiro de 2018, 13h31

Chefe da PM expulsa sargento preso por tráfico com armas e munições

Welington Sabino, editor do GD


O 3º sargento Wander Carlos de Zousa, preso em novembro de 2014, em Cuiabá, acusado pelo crime de tráfico internacional de armas de fogo, foi expulso das fileiras da Polícia Militar. Sua expulsão, assinada pelo comandante-geral da PM, Marcos Vieira da Cunha, está publicada no Diário Oficial do Estado que circula nesta quarta-feira (7).

Divulgação

Armas e munições apreendidos no veículo do sargento em novembro de 2014

Na época do flagrante, no bairro Osmar Cabral, policiais militares da Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam) apresentaram uma grande quantidade de armas sem registro que foram encontradas no veículo do sargento Wander. A prisão foi efetuada após denúncia de que uma pessoa em um Vectra transportava vários armamentos do Paraguai.

Ao encontrarem o veículo em frente a uma casa na Rua 5, a guarnição foi até a residência e abordou o suspeito que se apresentou como policial. Na revista feita no veículo foram encontradas duas pistola calibre 635, uma pistola PT 640, dois revólveres calibre 38, além de várias munições, tudo embalado nas caixas e sem o registro, reforçando a suspeita de que foram trazidos do Paraguai.

Após a prisão, a Corregedoria da PM instaurou em 2015 um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) contra o sargento. No decorrer do processo administrativo ele também foi ouvido e teve a chance de se defender. No entanto, o resultado final decidido pelo Conselho de Disciplina foi pela expulsão do policial.

A portaria número 6885 com a demissão do sargento, a partir de 5 de outubro de 2017, já havia sido publicada na edição do Diário Oficial que circulou em 20 outubro do ano passado. Na publicação constava que a punição foi aplicada por ele ter cometido os fatos descrito na peça acusatória, bem como, “por ter infringido valores éticos, morais, deveres e obrigações previstos no Regulamento Disciplinar da Polícia Militar do estado de Mato.

Agora, outra portaria foi publicada confirmando a demissão e citando o documento do ano passado. O comandante-geral da tropa determina ainda o imediato recolhimento da identificação funcional, do fardamento e dos apetrechos que pertença a
Fazenda Pública Estadual e que estejam sob a posse do sargento Wander remetendo tais materiais para Diretoria de Gestão de Pessoas (identidade) e para Seção de Apoio Logístico e Patrimônio (material da Fazenda Pública), tendo 5
dias, a partir da publicação do ato.

A Diretoria de Gestão de Pessoas também deverá adotar as providências junto à Secretaria de Estado de Gestão (Seges) para proceder à exclusão do agora ex- 3º sargento da PM da folha de pagamento.

Confira íntegra da publicação

PORTARIA N.º 019/QCG/DGP/PMMT de 05/02/2018
Demite Policial Militar das fileiras da PMMT e determina outras
providências
O COMANDANTE GERAL DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE MATO
GROSSO, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 60, incisos V e
XII, da Lei Complementar n.° 386 de 05/03/2010, combinado com o artigo
155 e 160, inciso III, da Lei Complementar n.º 555, de 29 de dezembro de
2014, e
Considerando a solução do Conselho de Disciplina à Portaria n.º
PORTARIA 6885, SOLUÇÃO 38.17 PORTARIA CD 046/CD/CORREGPM
DE 16JUL15 PUBLICADA NO BGE 1796 DE 28AGO17, documentos que
integram a presente portaria, a que foi submetido o Disciplinado 3º SGT PM
WANDER CARLOS DE SOUZA - RG: 879.993, com fulcro no artigo 9º, item
3 do RDPMMT, c/c artigo 155, 160 inciso III da Lei Complementar 555 de
29Dez14, a contar do dia 05/02/2018.
Diante do acima exposto, e com base nos elementos probatórios existentes,
resolve:
Artigo 1° Demitir das fileiras da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso o
Policial Militar 3º SGT PM WANDER CARLOS DE SOUZA - RG: 879.993 .
Artigo 2° Determinar que o Comandante imediato realize o recolhimento
da identificação funcional, do fardamento e dos apetrechos que pertença a
Fazenda Pública Estadual e que estejam sob a posse do Ex - 3º SGT PM
WANDER CARLOS DE SOUZA - RG: 879.993 , remetendo tais materiais,
ora a Diretoria de Gestão de Pessoas (identidade), ora para a Seção de
Apoio Logístico e Patrimônio (material da Fazenda Pública), tendo 05 (cinco)
dias, a partir da publicação deste ato em Diário Oficial para a remessa ou
que preste informação de qualquer impossibilidade.
Artigo 3° Determinar a Diretoria de Gestão de Pessoas, por meio da
Coordenadoria de Provimento, Desenvolvimento, Manutenção e Promoção
- Gerência de Manutenção, adotar as providências de estilo junto a
Secretaria de Estado de Gestão - SEGES para proceder à exclusão do Ex
- 3º SGT PM WANDER CARLOS DE SOUZA - RG: 879.993 , da folha de
pagamento. (solução conforme protocolo 24120/2018).
Artigo 4° Registre-se, publique-se, cumpra-se.
Original assinado
Marcos Vieira da Cunha - CEL PM
<END:975537:24>
Comandante-Geral da PMMT

 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Sábado, 17 de fevereiro de 2018

12:54 - Vereador alega que filho passou mal depois de levar tapa no rosto

12:03 - Casal fica preso nas ferragens ao bater de frente com outro veículo na BR-163

Sexta, 16 de fevereiro de 2018

17:29 - Polícia faz blitz e apreende 60 veículos em apenas uma hora

16:07 - Estado e prefeitura definem ações para atendimento aos reeducandos

14:51 - Corpo de adolescente é encontrado boiando às margens de rio após 3 dias

11:39 - Advogado do Paraná perde controle e morre ao ser arremessado de moto

11:38 - MPF investiga irregularidades em obra milionária do Hospital Júlio Müller

09:43 - Médico do Samu morre ao perder controle e bater moto

07:53 - Enfermeira baleada teme perder a perna e ainda escuta tiros na cabeça

07:00 - Com saúde frágil, Casaldáliga chega aos 90 anos inspirando mudanças sociais


 veja mais
Cuiabá, Sábado, 17/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sábado, 17/02/2018
F51b4c0e6fa3e96660fec8d8ce079937 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Mais da metade dos eleitores ainda não fez a biometria




Logo_classifacil









Loja Virtual