Quarta, 16 de setembro de 2015, 00h00

Virose sociopolítica


Está ficando muito confusa a mente do povo brasileiro, com o cisto vertiginoso estampado na face dos administradores público e agentes políticos, sem ética, sem estética de honradez, caráter e personalidade ilibada! São homens públicos iníquos e infames. Administram o Poder público pensando serem poderosos, esquecendo-se ou ignorando as verdadeiras atribuições dos seus cargos. Sentem-se tão poderosos e intocáveis que roubam o Erário, pensando que jamais serão punidos. Só que após a era FHC, a casa caiu! O Ministério Público e a Procuradoria Geral da União, contam, hoje, com autoridades íntegras e impolutas! Não há mais na Procuradoria da União um corrupto chamado Geraldo Brindeiro que engavetava os malfeitos do Governo do PSDB. E o Pedro Taques se vangloria em se filiar e este partido infame.
Asseveram esses corruptos políticos - de todas as facções partidárias - que o ético é dispensável, por ser o caráter de cada pessoa, proveniente de genes humana à tendência à violação aos bons costumes, a honradez! Dizem esses facínoras travestidos de político: rouba, mas faz, ou só não rouba quem não o poder nas mãos! Esses políticos infensos ao bom costume que roubam o Erário, e em nenhum momento, dizem a origem da mina e da sua riqueza adquirida em pouco tempo, mas partilham com o Executivo, Legislativo e até com o outrora Poder ilibado, o poder Judiciário, a sobra das indecentes propinas e não se incomodam em perder a dignidade pelos votos recebidos do sofrido povo brasileiro, que, vivendo na extrema pobreza se espalham pelos corredores e chãos dos hospitais do Brasil e, quando procura a Escola e Creches públicas tem que dormir dias no relento do Sol e do sereno para tentar matricular os seus filhos nas deficientes escolas públicas do País. A Escola, a Saúde e a Segurança Públicas do Brasil são verdadeiros caos.
Lamenta-se tanta covardia dos nossos políticos na geopolítica brasileira. Virose sociopolítica que afeta a percepção dos nossos políticos face o desprezo, desamparo que submete à população de menor poder aquisitivo. Só tem Educação e Saúde com um pouco mais de qualidade a elite e/ou a classe média alta que pode matricular os seus filhos em escola privada e que tem recursos financeiros a um atendimento médico/hospitalar privados. Os Planos de Saúde estão a cada dia sendo rescindido o contrato com as empresas, pois o assalariado com os salários defasados não conseguem mais ser compatíveis, visto que o Governo autoriza a cada ano aumentos nas mensalidades bem acima do índice inflacionário.
A invalidez política de quem governa este País esta estampada na face de quase a totalidade dos nossos gestores públicos que desconhecem a indumentária da honradez. Este País se continuar no sistema presidencialista civil não tem mais conserto em face de patologia social instalada.

João da Costa Vital é contador, pedagogo e jornalista.Escreve as quartas- feiras em A Gazeta. E-mail: jcvital3@gmaisl.com



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Quarta, 30 de dezembro de 2015

00:00 - O sentido do tempo

Quarta, 23 de dezembro de 2015

00:00 - História de Natal

Quarta, 16 de dezembro de 2015

00:00 - Os beija-flores e a hospitalidade

Quarta, 09 de dezembro de 2015

00:00 - O Brasil precisa gastar menos

Quarta, 02 de dezembro de 2015

00:00 - Greves nas instituições de ensino

Quarta, 25 de novembro de 2015

00:00 - O ócio e o decoro parlamentar

Quarta, 18 de novembro de 2015

00:00 - O nacionalista Itamar Franco

Quarta, 11 de novembro de 2015

00:00 - Novas lideranças políticas

Quarta, 04 de novembro de 2015

00:00 - A corrupção e a tolerância

Quarta, 28 de outubro de 2015

00:00 - Dia do Servidor Público


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 24/03/2017
 

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Sexta, 24/03/2017
3e85fdbc1772965594f7a14556e7af46 anteriores




Rádios ao vivo
  • cbn
  • cbn
Indicadores Financeiros
Dólar Comercial 3,1383 -0,04%
Ouro - BM&F (à vista) 122,60 +1,60
+ veja mais
Mercado Agropecuário
Boi Gordo @ 126,00
Soja - saca 60 kg 54,54
+ veja mais
Mais Lidas Enquete

Câmara Federal aprovou o projeto que autoriza terceirização de 'atividades-fim’. O que você acha?



Logo_classifacil