O que fazer? | Gazeta Digital

Quarta, 14 de dezembro de 2016, 00h00

O que fazer?


Escrevi neste espaço um artigo no dia 8 com o título ‘Social ou econômico‘. Nele tratava do dilema que hoje deve assolar o governo Pedro Taques: investe esses dois anos que lhe restam num vasto programa social, ou opta por um idêntico programa econômico. Dizia que nos dois casos restam-lhe pouco tempo pra elaborar e pra desenvolver projetos. Ainda mais num ambiente de escassez de recursos como o que vivem hoje as gestões estaduais.
Recebi preciosas contribuições. Todas na mesma direção: ninguém deseja com ardor o social ou o econômico. Mas todos desejam ordem na casa da gestão pública que vem de uma herança de controvérsias. As pessoas querem lisura, querem transparência e segurança de que o Estado não é um ladrão profissional.
 Aqui cabe o espírito das contribuições que recebi de gente madura e muito conseqüente, a julgar pela seriedade das observações. Todos apoiariam o governo Pedro Taques se ele anunciasse a sua disposição de fazer uma real reengenharia do Estado. Todos admitem a má qualidade da gestão pública. A gastança. A má qualidade da gastança. A má qualidade dos serviços públicos prestados à sociedade que financia o Estado através dos impostos que paga.
O presidente Fernando Henrique fez isso a partir de 1994 e com o Plano Real junto. O mesmo fez Dante de Oliveira em Mato Grosso. Outros tempos. Outras soluções. Porém, a sociedade é a mesma em outro momento. Assimilaria muito bem uma proposta de rever a gestão desde que ela melhore os serviços públicos e reduza o desperdício pelo ralo com o dinheiro coletado nos impostos. Nesse caso, a discussão muda de rumo. O propósito dos dois últimos anos da gestão deixariam de ser social ou econômico. A sociedade aceita poucas obras, poucos arranjos sociais durante os dois anos, desde que seja pra construir uma proposta de futuro.
Até porque, Mato Grosso respira futuro. Mas com esse nível de gestões sucessivas, não irá a lugar nenhum. O tema não é social e nem econômico. É reinvenção do modelo da gestão pros próximos anos. É o que o mundo espera!


Onofre Ribeiro é jornalista em Mato Grosso onofreribeiro@onofreribeiro.com.br www.onofreribeiro.com.br

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Quarta, 08 de fevereiro de 2017

00:00 - Dante faz falta

Quarta, 01 de fevereiro de 2017

00:00 - Cuidar de gente

Quarta, 25 de janeiro de 2017

00:00 - In-civilizatório

Quarta, 18 de janeiro de 2017

00:00 - Educação pro tempo livre

Quarta, 11 de janeiro de 2017

00:00 - 2017 das arábias

Quarta, 04 de janeiro de 2017

00:00 - Já vai, 2016? - final

Quarta, 28 de dezembro de 2016

00:00 - Quanto pior, melhor?

Quarta, 21 de dezembro de 2016

00:00 - Nós de cá, eles de lá

Quarta, 07 de dezembro de 2016

00:00 - Passaram-se 12 anos

Quarta, 30 de novembro de 2016

00:00 - Gestões municipais


 veja mais
Cuiabá, Terça, 22/08/2017
 

Sebrae

Facebook Instagram
GDEnem

Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 22/08/2017
257859098765d0b60b75149a30f064ab anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Velocidade e embriaguez ao volante são os dois principais causadores de mortes no trânsito.




Logo_classifacil









Loja Virtual