Quinta, 15 de dezembro de 2016, 00h00

Brasil: futuro incerto?


Está marcado como um dia da vergonha nacional a votação das 10 medidas de combate à corrupção na Câmara Federal. Mesmo cenário nojento da declaração de voto quando do Impeachement. Deprimente mendicância de conhecimento ou desprezo do que vem a ser a dignidade. Dignidade para quem erige a cultura do cinismo, da corrupção como instrumento parlamentar? Na verdade, com a recente delação da Odebrechet atingindo desde Temer e seus ‘valetes‘ do mal, até Aécio Neves ondas de desespero explodindo. Não se sabe até onde podem chegar agora, no esfacelamento do Poder Legislativo e Executivo e do próprio judiciário. A PEC 55 passando como trator, junto com a Reforma da Previdência como dilapidação da Seguridade Social, para que o povo arque financeiramente com todas as consequências. Acusações fermentam na esteira da Lava Jato, que certamente levará massa de parlamentares à condenação. As defesas são as mesmas dos fundamentalistas do governo anterior, que são todos inocentes. O insuspeito juiz Sérgio Moro nesta sua caminhada, acolhe somente os processos/denúncias que a ele são encaminhadas. Manipulações, tergiversações ridículas, para se livrarem das pesadas penas que os ameaçam.
 É o mesmo ‘nhenhenhem‘ frente a denúncias e provas potencialmente sólidas. Argumentam que nada é verdade, tudo seria invenção e falsidade! Claro que não. Quem não deve deveria se expor ao delineamento da verdade. Porque (T)temer? - Ou recorrer até a tribunais internacionais, contando com o capital de uma mídia que enredou até gente respeitável na luta internacional democrática consequente? Ledo engano de muitos, que pode ser desmascarado literalmente pelas investigações em curso. O lema mais independente pode continuar a ser: fora, e prisão para todos os corruptos! O que aconteceu na desfiguração das 10 medidas para combate à corrupção? Este enfrentamento já estava tramado bem antes, tentariam proteger a bandidagem ‘perdoando‘ o caixa 2.
Foi uma verdadeira tática de maracutaia, tramada em movimentações fechadas nos porões do Congresso e do Planalto. Não conseguindo anular os crimes do caixa 2, garantiriam a introdução de verdadeiras ‘chicanas‘, à revelia de quaisquer resquícios de moralidade pública. Quanto mais hoje, fazem e farão tudo para aniquilar com as medidas de combate à corrupção. Das 10 propostas, passaram só 2 e 2 parcialmente. A tática foi de introduzir medidas conexas ao perdão do caixa 2. Agora, com objetivo mais ampliado: Exercer mais pressão para barrar a operação Lava Jato (Lei do Abuso de Autoridade e outras) com o que chamam de ‘Jabutis‘.
Apesar de confrontarem com a justiça, ainda contam com cunhas de simpatizantes dentro dos Tribunais Superiores. Mas, a estratégia geral em confronto com a justiça coloca o réu multireincidente Renan desobedecendo decisão judicial, apoiado por múltiplos atores, desde o Executivo. Assim, é preciso criar um confronto, um racha. Defender cinicamente a impunidade com a maioria do Congresso frágil e expostos a execração pública. Estão utilizando instrumentos para aprovar ‘gambiarras‘ legislativas para legalizar crimes e criminosos. Em verdadeiro jogo de quadrilha aprovaram excrescências como fuga e retaliação às ações de Sérgio Moro e sua equipe. Esperam que o Senado e o pusilânime e capenga então Presidente ‘sacramentem‘ mais esta sórdida e velhaca manobra. Ignoram o povo e sua reação. Não percebem que os caldeirões estão fervendo, prontos a explodir, em um ambiente nunca visto de perdas retrospectivas, atuais e futuras no campo da cidadania e direitos sociais. Jogo sujo e sem limites. Somos nós quem fazemos o futuro?

Waldir Bertúlio é professor da UFMT. E-mail: waldir.bertulio@bol.com.br



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Quarta, 08 de fevereiro de 2017

00:00 - Folias do agronegócio II

Quarta, 01 de fevereiro de 2017

00:00 - Conjuntura - Economia Dependente 3

Quinta, 26 de janeiro de 2017

00:00 - Folias do Agronegócio - 1

Quarta, 18 de janeiro de 2017

00:00 - Crise Internacional e o Capital - 2

Quarta, 11 de janeiro de 2017

00:00 - Conjuntura - A força ascendente do neoliberalismo I

Sábado, 07 de janeiro de 2017

00:00 - Feliz ano velho?

Sexta, 23 de dezembro de 2016

00:00 - Autos de Natal e Ano Novo

Quarta, 23 de novembro de 2016

00:00 - Racismo e Consciência Negra

Quinta, 17 de novembro de 2016

00:00 - Política, conservadorismo e resistência

00:00 - Política, conservadorismo e resistência


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 22/02/2017
 

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Quarta, 22/02/2017
295ebffc570a5d07aa0347a18a3d8118 anteriores




Rádios ao vivo
  • cbn
  • cbn
Indicadores Financeiros
Dólar Comercial 3,0888 +0,03%
Ouro - BM&F (à vista) 122,40 -0,33%
+ veja mais
Mercado Agropecuário
Boi Gordo @ 126,00
Soja - saca 60 kg 64,50
+ veja mais
Mais Lidas Enquete

Como avalia a mobilização para anular todos os atos jurídicos originados da Operação Sodoma, que resultou na prisão do ex-governador Silval Barbosa e de ex-secretários de MT?



Logo_classifacil