Cuiabá, Quarta-feira 19/09/2018

Cidades - A | + A

29.11.2017 | 19h50

Adolescente de Sinop que precisava de UTI é transferido para Cuiabá

Facebook Print google plus
Reprodução/Facebook

O adolescente Vitor Hugo, 15, morador de Sinop (500 km ao norte da Capital) chegou em Cuiabá, na tarde desta quarta-feira (29), após conseguir 2 liminares determinando sua transferência para um leito Unidade de Terapia Intensiva (UTI) especializada na Capital. Desde sua internação no Hospital Regional de Sinop, há mais de 60 dias, o jovem já passou por 2 cirurgias de emergência, se encontra sedado e não foi encontrado o diagnóstico do seu caso. A situação de saúde ainda é considerada crítica e gravíssima pelos médicos.

A mãe, Daniela Luciana, relata que eles saíram às 17h30 de Sinop em uma UTI aérea e comemorou em uma página que criou no Facebook para pedir ajuda ao filho. “É incrível isso, saiu na mídia e eles ajeitaram o avião e um lugar para ele ser internado. Nós acabamos de chegar em Cuiabá, estamos indo de ambulância para o Pronto Socorro. Só tenho a agradecer a todos que se mobilizaram. Agora é torcer para dar tudo certo daqui para a frente porque o caso dele ainda é gravíssimo, não temos o diagnóstico para saber como tratar e nem sabemos o porque de ele ter tido essas hemorragias”, declarou ao Gazeta Digital.

A família do adolescente conseguiu decisões judiciais determinando a transferência. Mas nesse meio tempo enquanto o Estado não cumpria as liminares o quadro de saúde se agravou e teve que passar por 2 procedimentos cirúrgicos devido hemorragias.

 

                       

Vitor deu entrada no hospital de Sinop, no dia 18 de setembro, com quadro de diarreia. O tio do adolescente e advogado da família, Belmiro Castro, disse que o hospital relatou estar sem condições técnicas para atender o garoto. “Com toda a situação eu entrei com um pedido de liminar solicitando para que ele fosse transferido para qualquer lugar onde tivesse UTI, conforme a necessidade dele, e conseguimos” afirmou Castro.

Adolescente consegue liminares, mas continua sem UTI e família pede ajuda

Divulgação

Vitor Hugo chegando em Cuiabá com os aparatos médicos da UTI aérea

Para atender a liminar, foi reaberta a UTI que estava fechada e Vitor internado no próprio Hospital Regional de Sinop. No entanto, precisou de um procedimento mais específico. A família deveria providenciar a transferência dele para um centro médico mais avançado.

Novamente a família entrou com pedido de liminar. Vitor teve seu quadro de saúde agravado com hemorragia na cabeça e precisou fazer outra cirurgia, dessa vez, no cérebro. Mesmo com a determinação de transferência, os médicos o impediram de sair da UTI pelas primeiras 48h. 

Ao Gazeta Digital, a Secretaria de Estado de Saúde (SES), informou na tarde de terça-feira (28), que já havia sido providenciado o transporte e só aguardavam surgir uma vaga para a transferência de Vitor Hugo.

Ajuda

Uma campanha feita através de redes sociais pede ajuda para custear esse período de internação de Vitor Hugo que se alimenta por sonda e precisa de alimento específico, além de medicamentos que o SUS não fornece. Daniela Luciana, mãe do garoto, também está fazendo rifas para angariar fundo e auxiliar no tratamento do filho. Confira aqui página no Facebook.

Para entrar em contato com a família para oferecer algum tipo de ajuda entre em contado pelo telefone de Daniela, (66) 9 9684-5302, ou pela avó Maria Pedra, (66) 9 918-4144. Quem puder ajudar a família financeiramente basta fazer depósitos na conta da vó de Vitor Hugo.

Caixa Econômica Federal
Ag: 0854
Op: 013 (poupança)
Conta: 642578-5
Maria Pedra Aguiar Castro (avó de Vitor Hugo).

Voltar Imprimir

Comentários

Enquete

Você sabe o que é o voto útil?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 19/09/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 22.050 -2.000

Algodão R$ 115.180 1.080

Boi a Vista R$ 124.250 -0.200

Soja Disponível R$ 70.740 -0.830

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.