Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 20/06/2019

Cidades - A | + A

vídeo esclarece 15.04.2019 | 10h49

Aluno de escola tradicional ameaça massacre; pai explica 'brincadeira'

Facebook Print google plus

Chico Ferreira

Chico Ferreira

No fim de semana, estudante do Colégio Coração de Jesus, de Cuiabá, postou em suas redes sociais imagens em que ameaça seus colegas de um possível massacre nesta segunda-feira (15). Ele aparece encapuzado e portando uma arma de airsoft, que é de pressão.

 

Leia também - Justiça solicita recambiamento de réu com urgência

 

Foi o suficiente para despertar a atenção de pais de alunos e professores da unidade. Isto porque há pouco mais de um mês, no dia 13 de março, dois estudantes entraram em uma escola em Suzano, no interior de São Paulo, mataram 8 pessoas e se suicidaram em seguida. 

 

Contudo, em vídeo publicado pela família do rapaz, o pai pediu desculpas e afirmou que a situação não passou de uma brincadeira de 'extremo mau gosto'.

 

"Também fiquei preocupado com essa postagem, mas quero tranquilizá-los e dizer que o A. trata-se de um menino muito bom, de família. Ele errou e já chamamos a atenção dele", disse. 

 

Nas imagens, o pai também explicou que é jogador de airsoft, jogo desportivo que simula operações policiais ou militares com armas de pressão que atiram projéteis plásticos não letais. Ele afirmou que o filho o acompanha nesses jogos e possui arma e colete. 

 

"Ele é uma pessoa de bem. É um menino que foi criado a duras lutas da gente todo dia para pagar a escola caríssima para ele e para o irmão dele. Ele vai se retratar e pedir desculpas para vocês". 

 

Titular da Gerência de Combate a Crimes de Alta Tecnologia (Gecat), o delegado Eduardo Botelho confirmou há pouco que o adolescente e o pai serão ouvidos ainda no período da manhã desta segunda-feira (15). Entretanto, ressalta que a legislação limita muito a atuação da Polícia Judiciária Civil (PJC) nestes casos.

 

Já foram várias denúncias que chegaram à Gecat, desde o ataque a escola em Suzano (SP). Em todos a Polícia chegou à conclusão que os estudantes fizeram "brincadeiras de mau gosto", não detectando qualquer risco de um ataque real em escolas de Mato Grosso até o momento. 

 

Outro lado 

 

Procurada pela reportagem, o Colégio Coração de Jesus não respondeu aos questionamentos até a publicação desta matéria.

 

Veja vídeo:

 

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

GD

GD

Publicidade

Enquete

Sobre o projeto do VLT em Cuiabá

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 20/06/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,10 0,50%

Algodão R$ 90,36 -0,04%

Boi a Vista R$ 139,00 0,00%

Soja Disponível R$ 65,15 0,23%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.