Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 23/08/2019

Cidades - A | + A

LAÇOS DE SANGUE 07.07.2019 | 14h15

Amigos de médico se unem para encontrar doador de medula

Facebook Print google plus

Montagem/Gazeta Digital

Montagem/Gazeta Digital

A fim de convocar pessoas a se cadastrarem do banco de medula óssea, o médico Marcelo Delforno lançou a campanha "Laços de Sangue" para salvar a vida do amigo Bruno Alves Araújo, também, médico, que está com leucemia. O vídeo de divulgação da ação foi publicado nas redes sociais e alcançou mais de 1,3 mil compartilhamentos em poucos dias.  

 

Leia também - Lucro de Comando Vermelho seria R$ 450 mil com celulares com PCE

 

A campanha já conseguiu mais de 100 voluntários, porém, após triagem, 22 foram selecionados de acordo com os requisitos para doação. O grupo veio de Mirassol do Oeste e São José dos 4 Marcos (300 km e 315 km a Oeste de Cuiabá) para Cuiabá, na sexta-feira (4), com o propósito de fazer cadastro para doação de medula.

 

"Deixei o contato da clínica e muitas pessoas ligaram se disponibilizando para doar. Mas nem todo mundo atende aos requisitos e fizemos essa seleção", explica o médico.

 

Segundo Marcelo Delforno, em janeiro de 2018, Bruno de Araújo foi diagnosticado com leucemia. Exames comprovaram que o irmão era compatível e foi feito transplante.

 

Em junho desde ano, foi descoberto que a doença tinha voltado e, agora, o paciente faz quimioterapia em São José do Rio Preto (SP), enquanto espera um novo doador compatível.

 

"O caso do Bruno, que estudou comigo e é meu amigo, foi a iniciativa para a campanha, mas o cadastro fica disponível para doação de medula para qualquer pessoa que precise", afirma.

 

A Prefeitura de Mirassol cedeu o ônibus para que o grupo viesse até o hemocentro de Cuiabá coletar o sangue para cadastro.

 

O médico incentiva a todos que puderem também fazer o cadastro que procure o hemocentro. Quanto mais pessoas doarem maior e chance de salvar vidas.

 

Hoje, a propabilidade de encontrar doador compatível é de uma em 100 mil.

 

Para doar, é preciso que o voluntário vá até o ponto de coleta, retirar amostra de sangue. Ele é submetido a exames e  resultado disponibilizado no bando de doadores de medula. Quando um paciente compatível é encontrado o doador é chamado.

 

 

Vídeo

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Qual seria o maior avanço da ciência?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 23/08/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,05 0,50%

Algodão R$ 92,91 0,53%

Boi a Vista R$ 135,00 -0,55%

Soja Disponível R$ 67,60 -0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.