Cuiabá, Sábado 20/04/2019

Cidades - A | + A

cachorro-vinagre 15.11.2018 | 08h50

Animal com risco de extinção é encontrado em Mato Grosso e enviado ao Paraná

Facebook Print google plus
Ana Flávia Corrêa

anaflavia@gazetadigital.com.br

Divulgação

Divulgação

Um cachorro-vinagre macho foi encontrado em Alta Floresta  (803 km ao norte de Cuiabá) na última quinta-feira (8) e entregue voluntariamente para a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema). Após receber atendimento veterinário e ficar alguns dias sob observação, ele foi encaminhado para um criadouro no Paraná.  

 

Leia também - 3 estupros e um assédio foram cometidos por motoristas de aplicativos em 2018

 

O animal passou 17 dias internado em isolamento no Hospital Universiário da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Cuiabá. A espécie é classificada como vulnerável e tem risco elevado de extinção.  

 

De acordo com informações da assessoria, desde o dia que chegou em Cuiabá até receber alta, o cachorro-vinagre não teve contato com nenhum outro canídeo de qualquer espécie e manteve acesso restrito a pessoas, sendo atendido apenas por veterinários responsáveis pelo caso.  

 

Mesmo após ser enviado ao criadouro paranaense, o animal ainda está fazendo exames e se recuperando da viagem. A restrição ao contato com os canídeos, como cães, lobos e raposas, é importante porque o cachorro-vinagre é sensível a doenças comuns nestas espécies.    

 

Segundo a analista de Meio Ambiente da Sema, Danny Moraes, existem poucos espécimes em cativeiro e o envio do animal será de extrema valia para o revigoramento genético de prole dos animais cativos.  

 

"No criadouro ele terá uma assistência adequada. Trabalhos como esse propiciam uma melhor assistência aos animais silvestres e a devida salvaguarda que o Estado deve propiciar à fauna silvestre”, explicou.   

 

Ela também informou que o bicho já havia feito exame para Leishmaniose e que no período que esteve internado foi tratado para coccídiose, doença causada por um parasita intestinal.    

 

“O cachorro-vinagre é uma espécie vulnerável e necessita da medicina preventiva por ser um canídeo silvestre sujeito às doenças de cães domésticos. Nós só permitimos a alta quando ele estava sanitariamente apto para o transporte ao criadouro”, afirmou. 

 

Consciência ambiental   

 

O animal chegou até Cuiabá por intermédio da Diretoria de Unidade Desconcentrada da Sema de Alta Floresta, que foi procurada para a entrega voluntária e cuidou do trâmite burocrático até sua chegada na sede da UFMT.  

 

 A recomendação da Sema à população é de que, ao encontrar um animal silvestre, comunique imediatamente, via 190, para que a polícia ambiental ou bombeiros possa fazer o resgate. É importante não tentar capturar o animal, que não é doméstico, assim como não adequado agredir ou jogar objetos.   

Voltar Imprimir

Comentários

Chico Ferreira

Chico Ferreira

GD

GD

Enquete

O país reverencia suas figuras históricas?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 19/04/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,40 -0,49%

Algodão R$ 91,76 -0,51%

Boi a Vista R$ 133,90 -0,15%

Soja Disponível R$ 67,70 -0,15%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.