Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 21/08/2019

Cidades - A | + A

'xepa compartilhada' 23.06.2019 | 14h07

Aplicativo ajuda pessoas que buscam ou oferecem refeições caseiras

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

A economia colaborativa tem ganhado cada vez mais adeptos. Uma das áreas que está despontando em todo o Brasil é a das experiências gastronômicas. Em Cuiabá, pessoas que buscam companhia para comer, ou que querem receber alguém para almoçar ou jantar em casa e ainda ganhar um dinheiro extra, em breve, poderão procurar ou oferecer refeições para compartilhar por meio de um aplicativo, criado por três amigos.

 

Leia também - Seaf estuda expansão da cadeia produtiva do café em diferentes regiões do estado

 

Com o nome sugestivo de Xeppa Refeições Compartilhadas, a plataforma já está em fase testes e logo estará disponível para dowloads. O criador Mackenzie Nascimento, 40, explica que a ideia é facilitar a vida da dona de casa e empresários no ramo de culinária e qualquer pessoa que queira aderir ao sistema.

 

“O objetivo é gerar renda, experiência gastronômica única e ligar pessoas e famílias pela alimentação segura e gostosa. Afinal, quem não gostaria de comer uma comidinha feita com carinho, ou até mesmo provar outros sabores que existe pelo mundo a preço super acessível?”, questiona.

 

Sendo maitre e sommellier, Mackenzie conta que o projeto surgiu entre uma aula sobre startup e novos nichos de mercado, do curso de administração de empresas que está cursando. O passo seguinte foi apresentar a ideia aos amigos Jachson Slaviero, 36, empresário na área de vinhos, e Reginaldo Araújo, 39 anos, também empresário no ramo de pizzaria. 

 

“Fomos formatando o projeto, que começou a ganhar corpo e se tornou mais atrativo. Mais tarde surgiu um nome, buscamos algo bem popular e fácil, assim, batizamos de Xeppa Refeições Compartilhadas. Em seguida, procuramos por alguém para desenvolver no app, não tivemos sucesso nas primeiras tentativas. Posteriormente, contatamos a i9 Desenvolvimento, apresentamos o projeto e o Júnior Abranches achou a ideia formidável, com modos operantes diferentes do que se tem no mercado, e abraçou a ideia”.

 

Proposta

João Vieira

Xeppa / Aplicativo de Comidas / Xeppa / Aplicativo Cuiabano / Mackenzie e jackson

 

De acordo com Mackenzie, a Xeppa deve ampliar o leque de opções para quem quer comer algo saudável personalizado e caseiro.    

 

O funcionamento é simples. A cozinheira prepara seu cardápio do dia e já pensa em reservar uma quantidade de pratos que quer disponibilizar – podendo ser no almoço e/ou no jantar. Assim, ela deve, logo pela manhã, lançar no aplicativo qual o menu oferecido.

 

“O aplicativo, também poderá ser usado por restaurantes e ou marmitarias que queiram expandir seu atendimento, utilizando a plataforma como meio para divulgar e vender seus produtos. Por outro lado, quem estiver cadastrado como consumidor recebe um push avisando do cardápio, com direito a foto do estabelecimento onde foi preparado e da referida refeição”. 

 

Segundo o empreendedor, o consumidor ainda poderá contar com um chat (cozinheiros / clientes) e pode até solicitar o pedido entregue, caso a pessoa tenha disponibilidade para entregar. 

 

“Aquela comida caseira, deliciosa, feita com amor e carinho por quem realmente entende de cozinha, e que iria, em tese, sobrar, agora ela vai gerar faturamento com a venda, trazendo renda extra. Até mesmo podendo ser a renda principal da casa, dependendo do esforço individual e não limita às refeições principais, pode ser também no lanche da tarde, no nosso famoso baguncinha, no quebra torto (café da manhã) enfim, a qualquer hora do dia”. 

 

Divulgação

Salada de Macarrão

 

Mackenzie afirma que basta uma pessoa de um lado querendo faturar e do outro lado uma pessoa querendo se alimentar com praticidade e comodidade. O cliente, após efetuar uma compra, conta ainda com a pontuação (baseada em outros aplicativos de prestação de serviços) onde tanto o cliente quanto o colaborador podem classificar entre 1 a 5, quanto melhor a pontuação dos cozinheiros (as), melhor e a venda e os benefícios que a plataforma irá praticar.

 

A ‘Xeppa’ quer ser mais intuitivo possível, então as comidas preparadas serão divididas por regiões geográficas e cultura gastronômica, como, por exemplo, comida mineira, cuiabana, gaúcha, haitiana, venezuelana, entre outras. 

 

A plataforma será disponibilizada tanto na Apple Store quanto na Playstore e, ainda, será possível fazer o pedido diretamente no computador, pelo website. 

 

“Para garantir o padrão de qualidade, nós iremos assegurar as vistorias, que serão realizadas logo que detectado o cadastramento das pessoas interessadas em ofertar a comida”, finaliza.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Depois da Alemanha, a Noruega suspendeu repasses para a conservação da floresta Amazônica

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 21/08/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 22,00 -1,35%

Algodão R$ 97,42 -0,45%

Boi a Vista R$ 135,82 -0,47%

Soja Disponível R$ 57,00 -2,56%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.