Cuiabá, Quarta-feira 12/12/2018

Cidades - A | + A

TODOS PELA DUDA 10.10.2018 | 10h40

Criança com leucemia precisa de transplante de medula óssea

Facebook Print google plus

Diagnosticada com leucemia aos 3 anos de idade, a pequena Maria Eduarda dos Santos, 6, precisa de um transplante de medula óssea para continuar vivendo. A família está fazendo uma campanha que visa incentivar as pessoas a se candidatarem como doadores, uma vez que nenhum familiar é compatível com Duda, como é carinhosamente chamada.

 

Leia também - Família pede ajuda para encontrar homem desaparecido há 8 dias

 

Atualmente, ela e a mãe, Ritielli Santos da Silva, estão no Hospital de Amor, em Barretos (SP), realizando tratamento para que a doença não avance ainda mais. A avó materna de Maria Eduarda, Dagliane dos Santos, explica que em junho de 2015 a neta apresentou dores no pescoço acompanhadas de um pequeno caroço. Ela chegou a ser internada em um hospital da capital, com a suspeita de caxumba, mas como a febre não cessava exames mais detalhados foram realizados e veio a confirmação da leucemia. 

 

Duda passou por tratamentos agressivos por mais de dois anos. Em novembro de 2017 recebeu alta e, segundo os médicos, estaria livre da doença. Porém, em abril deste ano, professores da pequena acionaram a família, alegando que Duda estava com febre alta. O câncer havia voltado. 

 

“Como ela é reincidente de leucemia o tratamento quimioterápico não tem mais efeito. Agora a única alternativa para que minha neta continue viva é o transplante de medula óssea”.  

 

O procedimento não é realizado em Mato Grosso e depois de muita luta e ajuda, a família conseguiu uma vaga para Duda se tratar no Hospital de Amor, no interior de São Paulo. Lá ela está recebendo medicação especial que ajuda a desacelerar o avanço da doença. 

 

“Aqui em Mato Grosso não temos nem essa medicação e muito menos o procedimento de transplante. Foi uma benção conseguir essa vaga lá”, conta Dagliane. É ela a responsável pela coordenação da campanha. 

 

Enquanto a filha e a neta estão na cidade paulista, ela trabalha e tenta arrecadar doações para manter as duas enquanto não se acha um doador compatível. Os que estão dispostos a se candidatar como doador podem procurar o MT Hemocentro, na rua 13 de junho em Cuiabá. 

 

Camisetas estão sendo vendidas para ajudar a fortalecer a campanha e arrecadar dinheiro para manter Duda e a mãe, em Barretos. Interessados em ajudar podem ligar nos telefones (65) 99224-6800 ou 3052-2222.

Voltar Imprimir

Comentários

Chico Ferreira

Chico Ferreira

GD

GD

Enquete

Crianças devem seguir acreditando em Papai Noel?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 12/12/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,45 -0,26%

Algodão R$ 118,95 -0,22%

Boi a Vista R$ 137,33 0,24%

Soja Disponível R$ 67,20 -0,15%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.