Cuiabá, Domingo 23/09/2018

Cidades - A | + A

05.09.2016 | 14h10

Dois braçais são soterrados e um morre

Facebook Print google plus

(Atualizada às 18:03) Dois trabalhadores braçais ficaram totalmente soterrados na final da manhã desta segunda-feira (5) em uma obra particular em Sorriso, no interior de Mato Grosso, onde ocorreu um desmoronamento.

Um deles, o haitiano Similien Donable, de 46 anos, que veio para o Brasil em busca de trabalho e uma vida melhor, morreu de parada cardíaca na viatura do Corpo de Bombeiros, a caminho do Hospital Regional de Sorriso.

Rafael Souza/Só Notícias

Obra é de drenagem de águas pluviais para abertura de novo bairro.

O óbito dele, por asfixia decorrente o soterramento, foi registrado às 10h05, como informa a funcionária do pronto-atendimento de urgência, Sandréia Aparecida.

O outro trabalhador, que é de Sorriso mesmo, José Ednaldo Moraes, 36, foi socorrido pelos colegas de trabalho e por pouco sobreviveu.

Ele também foi levado pelos bombeiros ao Hospital Regional e o quadro dele é estável, com fratura no antebraço direito e lesão no ombro esquerdo.

De acordo com a funcionária Sandreia, José está em observação, aguardando avaliação do ortopedista, e provavelmente terá alta.

“Ele está bem, só que muito assustado”, comenta.

O capitão Weber Dionísio, comandante da 10º Companhia Independente do Corpo de Bombeiro, com sede em Sorriso, relata que , quando houve o desmoronamento, os funcionários da obra correram para tentar salvar os dois e conseguiram tirar a terra até que abrisse a respiração de um deles. “Quando chegaram a tentar o salvamento do haitiano, já estava em parada cardíaca”, lamenta o capitão, que atendeu à ocorrência.

Enquanto a vítima em estado grave era levada ao hospital, começou o resgate de José.
“Ele estava bem mais preso. Não chorou, mas parecia muito assustado. Às vezes, nosso equipamento pegava na perna dele e tinha que parar, para ajeitar melhor, então demoramos um pouco mais com ele”, detalha o capitão.

Sobre o tipo de serviço que estavam fazendo, o capitão diz que é trabalho arriscado, inclusive para a guarnição. “Inclusive queriam ligar as máquinas, para nos ajudar na retirada de terra, mas avaliamos que seria melhor não fazer isso, para evitar novo desbarrancamento”.

A obra é de drenagem de água pluvial em uma área particular que está sendo aberta para ser um novo bairro.

A cidade está em expansão, aumentando do ponto de vista populacional, e tem sido comum, conforme apurou o Gazeta Digital, a abertura de novos bairros.

O proprietário da empresa Luma Terraplanagem, José Everaldo da Silva, informou que já deu a triste notícia ao irmão de Similien Donable. “O irmão dele mora em Campo Grande (MS), mas pagamos a passagem para ele vir acompanhar esta situação de perto e se depender de nós nada vai faltar ao funcionário, que era registrado, com seguro de vida”, assegura.

Ainda de acordo com o empresário, este tipo de serviço é arriscado, mas foram tomadas todas as providência no início da manhã. “Foi uma fatalidade”.

O Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT) vai apurar as causas e a responsabilidade da empresa no acidente.

Confira a nota do MPT-MT

O Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT) tomou conhecimento do acidente que vitimou os dois trabalhadores em Sorriso, e levou à morte um deles, o senhor Similien Donable, pela imprensa.

Uma vez recebida a notícia, a procuradora do Trabalho Thalma Rosa de Almeida determinou a instauração, na Procuradoria do Trabalho no Município de Sinop, de procedimento para apurar a(s) causa(s) e a responsabilidade da empresa no acidente. O procedimento foi registrado sob o nº 000147.2016.23.003-4.

O MPT informa, ainda, que cumpridas as etapas iniciais de investigação, serão adotadas todas as medidas cabíveis na esfera trabalhista para punição do(s) responsável(eis), seja pela via administrativa ou judicial.?

Voltar Imprimir

Comentários

Enquete

Qual sua opinião sobre os aplicativos para denúncias de infrações eleitorais?

Parcial

Edição digital

Domingo, 23/09/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 23.700 -1.460

Algodão R$ 116.930 -0.230

Boi a Vista R$ 131.000 0.000

Soja Disponível R$ 70.530 0.530

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

Enquete

Que importância tem o candidato a vice?

Parcial

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.