Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 16/09/2019

Cidades - A | + A

UFMT 19.08.2019 | 07h57

Funcionários terceirizados da limpeza fecham guaritas da UFMT

Facebook Print google plus

Reprodução

Reprodução

Sem receber o salário referente ao mês de julho, funcionários da empresa terceirizada Presto que realizam os serviços de limpeza da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) fecharam novamente as guaritas de acesso à instituição, na manhã desta segunda-feira (19). A entrada de pedestres está ocorrendo normalmente, porém, veículos e motos estão sendo impedidos de entrar.

 

Leia também - Jovem de MT com paralisia cerebral termina curso superior

 

Reprodução

UFMT greve empresa terceirizada limpeza

 

Com faixas com dizeres "Sem salário, vassoura no armário", os trabalhadores alegam que, além dos atrasados salariais, não receberam o sacolão que devia ter sido entregue no início de agosto. A entrega da cesta básica foi proposta pela Presto em reunião realizada na Secretaria Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) para por fim a última greve, realizada há 15 dias. 

 

Na semana passada, os trabalhadores já haviam suspendido os serviços e, na manhã de sexta-feira (16), os grevistas protestaram no campus de Cuiabá. 

 

No início de agosto, os vigilantes tercerizados contratados pela empresa MJB Segurança e Vigilância também fecharam as guaritas e paralizararm os serviços após trabalharem três meses sem receber. Conforme o sindicato, um acordo foi feito e prevê o pagamento das folhas atrasadas nesta terça-feira (20). 

 

Repasses

O pagamento dos funcionários é feito pela Presto, que recebe dinheiro da UFMT, esta por sua vez afirma estar em dia com os repasses. Por meio da assessoria, a Universidade confirmou o fechamento da guarita, mas declarou que irá se posicionar após reunião de negociação.

 

Segundo informações, a empresa deve garantir todos os salários dos funcionários por até três meses sem o repasse. O tentou entrar em contato com representantes da Presto, porém foi informado que os responsáveis não estavam na empresa ainda.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Quem é o principal culpado pelas queimadas?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 16/09/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,55 -0,48%

Algodão R$ 90,40 -0,17%

Boi a Vista R$ 135,00 -1,46%

Soja Disponível R$ 69,10 -0,58%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.