Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 19/08/2019

Cidades - A | + A

jonas pinheiro 3 15.07.2019 | 18h55

Moradores clamam para não ser despejados de residencial

Facebook Print google plus
Ana Flávia Corrêa

anaflavia@gazetadigital.com.br

Caso a ordem de despejo dos moradores do residencial Jonas Pinheiro 3, seja cumprida nesta terça-feira (16), a diarista Neime de Azevedo, 35, não tem outro lugar para morar junto de seus 6 filhos. Sem casa de familiares ou conhecidos, o destino da mulher natural de Goiânia, em Goiás,  muito provavelmente será a rua.

 

Leia também - Defensora acusa juiz de impedi-la de entrar em audiência

 

João Vieira

Moradores / Residencial Jonas Pinheiro / Fotos / Protesto / Forum

 

Desde a manhã desta segunda-feira (15), cerca de 200 manifestantes se reuniram em frente ao Ministério Público Estadual (MPE) e ao Fórum da Capital com o intuito de tentar reverter a decisão judicial que decretou o despejo. Assim como Neime, a grande maioria das 379 famílias encontrou no residencial a solução para o pouco dinheiro paga pagar aluguel. 

 

"Deus precisa tocar no coração desse juiz para não despejar a gente. Se chegar a despejar não sei pra onde vai. Tem eu que tenho 5 filhos, tem outra mulher que tem 12. Lá todo mundo precisa, gente que não tem para onde ir", afirmou a diarista.

 

Neime soube da ocupação do residencial por meio de uma amiga. Assim que recebeu o telefonema, ela logo foi até ao local e conseguiu uma das poucas casas que ainda não haviam sido tomadas.

 

Quando chegou no Jonas Pinheiro, há cerca de 1 ano e 3 meses, a mulher, assim como os outros moradores, se incumbiu de transformar o local abandonado em algo habitável. Sem água encanada ou luz, as casas foram limpas com a água de um córrego que passava nas proximidades.

 

"Conforme foi passando o tempo, você pode ver que hoje em dia lá não está afastado, mas está patrolado. Está tudo cuidado, as casas estão bem cuidadas. Quando a gente entrou lá o mato estava por cima das casas", explicou.

 

João Vieira

Moradores / Residencial Jonas Pinheiro / Fotos / Protesto / Forum

 

A desempregada Dirce Alves Portilho, 43, sobrevive com uma renda de R$ 600. Nos últimos dias, o aluguel mais barato que encontrou foi de R$ 500. Caso tivesse que pagar por uma moradia, seu sustento e de seu filho seria inviabilizado.

 

"Eu estou inscrita no Minha Casa, Minha Vida há 15 anos, mas nunca fui contemplada. Eu não tive como pagar aluguel. Nós não queremos nada de graça, nós somos famílias trabalhadoras e queremos negociar". 

 

O residencial 

 

O Jonas Pinheiro 3 foi idealizado por meio de um convênio Prefeitura de Cuiabá, Caixa Econômica Federal e Construtora Lumen com o objetivo de abrigar famílias de diversas regiões de Cuiabá, que seriam selecionadas pela Secretaria Municipal de Habitação e Regularização Fundiária. 

 

O projeto, que faz parte do PAC 2  e do Programa Minha Casa Minha Vida, foi iniciado a cerca de 6 anos, porém não foi concluído. A empresa responsável pela obra entrou com pedido de falência e recuperação judicial em 2018. 

 

Ao todo foram investidos cerca de R$ 30 milhões com recursos da Caixa. A expectativa era de que as casas fossem entregues em 2014.   

Galeria de fotos

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Já começaram as discussões para as eleições municipais de 2020. Você pretende acompanhar?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 19/08/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 25,40 -0,20%

Algodão R$ 91,70 0,37%

Boi a Vista R$ 133,22 -0,09%

Soja Disponível R$ 66,40 -0,52%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.