Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 19/06/2019

Cidades - A | + A

Uber off 08.05.2019 | 08h20

Motoristas de aplicativo fazem paralisação nesta quarta

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

Por melhores condições de trabalho, motoristas do aplicativo de transporte individual Uber em Cuiabá decidiram aderir ao movimento internacional de paralisação nesta quarta-feira (8). Cerca de 2.500 condutores ligados à Associação dos Motoristas de Aplicativo de Mato Grosso (Ama-MT) estão com a plataforma desligada desde a 0h de terça (7).   

 

A intenção é chamar a atenção para que o motorista passe a ganhar mais, em meio à abertura de capital da Uber na Bolsa de Valores - a empresa deve fazer seu aguardado IPO até o fim desta semana.  

 

Leia também - Auditoria investiga contrato entre empresas de ônibus e Prefeitura de Cuiabá

 

Entre as exigências da ação está a revisão dos preços praticados nos serviços, o que impactaria em maior ganho ao motorista. “Mato Grosso é o estado mais fiel à empresa Uber. Cerca de 96% das corridas são realizadas por meio do aplicativo”, destaca o presidente a Ama-MT, Cleber Cardoso.   

 

Segundo ele, a categoria está há 2 anos e meio sem reajuste. Atualmente a tarifa-base cobrada é de R$ 5,75 por corrida em Mato Grosso, dos quais o motorista ganha R$ 3,75 - por trecho de 3 km. “Estamos reivindicando o valor de R$ 8 de taxa mínima, o que se equiparia a valores cobrados no Rio de Janeiro e São Paulo. Além disso, queremos que a empresa se mantenha minimamente atrativa para o profissional”.   

 

Para a categoria, a baixa tarifa e o alto custo de vida aliados a alta dos preços do combustível vêm corroendo os gastos e alongando as jornadas de trabalho dos motoristas, gerando, portanto, menor retorno. 

 

O movimento global de paralisação ocorre em vários países, incluindo EUA e Reino Unido. Nas redes sociais, principalmente no Facebook, Youtube e Whatsapp, os trabalhadores se organizaram e pedem união e adesão à paralisação, batizada de Uber Off.

 

No Brasil, os motoristas orientam que seus colegas desliguem os aplicativos por 24 horas.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Publicidade

Enquete

Sobre o projeto do VLT em Cuiabá

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 19/06/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 23,50 -0,84%

Algodão R$ 90,27 -0,09%

Boi a Vista R$ 131,77 -0,08%

Soja Disponível R$ 69,30 -0,86%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.