Publicidade

Cuiabá, Sábado 17/08/2019

Cidades - A | + A

nutricionista 21.07.2019 | 10h27

Obesidade e diabetes são os casos mais constatados pelos nutricionista

Facebook Print google plus

Divulgação

Divulgação

Nutricionistas de Campo Grande (MS) e região responderam questionário referente aos casos mais constatados durante suas experiências clínicas. Do total de entrevistados 32% alegaram lidar com pacientes obesos, em maior volume,  e 25,8% constatam diabetes em seus pacientes. A entrevista foi aplicada aos profissionais da saúde neste sábado (20), durante evento promovido pela Farmácia Manipulação São Bento.

 

Foram 58 nutricionistas entrevistados, que também alegaram lidar com hipercolesterolemia (13%), depressão (13,8%), hipertensão (6,9%) e outras.

 

Leia também - Jovem com leucemia aguarda há mais de um mês cumprimento de liminar para compra de remédio

 

Segundo a organizadora do evento, Flávia Buainain, o campo-grandense precisa se alertar para os números e buscar alternativas saudáveis. “Esse cenário que une obesidade, diabetes e depressão merece atenção da sociedade. Isso mostra que os hábitos alimentares não têm recebido a atenção merecida e que as consequências são graves e constantes. É preciso que se atentem para a importância da orientação nutricional e exercício físico, valorizando a saúde humana”, relata a superintendente da São Bento Manipulação.

 

Fernanda Drummond, nutricionista e professora da Universidade Federal de Ouro Preto destaca que, o que as pessoas mais buscam nos consultórios é a perda de peso com saúde, e a tendência das pesquisas agora é a busca por gasto energético. “Recentemente, há uns 10 anos, nossa classe de nutricionistas passou a poder prescrever os fitoterápicos, alinhando à prescrição de dieta e aos exercícios físicos, para promover a qualidade de vida. Esse conjunto é capaz de promover melhores possibilidades, que podem ser potencializadas pelo efeito browning, promovido por fitoativos, como o Metabolaid, capaz de aumentar o gasto energético e promover a saciedade”.

 

A nutricionista Daniele Albuquerque é uma das entrevistadas que atende frequentemente diabéticos, com resistência à insulina, com determinado grau de obesidade e vínculo com a depressão. “Isso afeta a autoestima. Para melhorar a situação orientamos não só a conduta nutricional, mas quanto à rotina do trabalho, e sobre a necessidade de atividades físicas”.

Já a nutricionista Juliana Dutra Alves aposta na reeducação alimentar. “Com disciplina a reeducação será consequência, assim como a perda de peso. Ainda recomendo muito atividade física e os fitoterápicos, que contribuem no controle da glicemia”.

 

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

O noticiário diário costuma influenciar o seu humor?

Parcial

Edição digital

Sábado, 17/08/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 23,95 0,42%

Algodão R$ 94,36 -0,99%

Boi a Vista R$ 135,75 0,00%

Soja Disponível R$ 69,00 -1,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.