Cuiabá, Quarta-feira 17/10/2018

Economia - A | + A

12.06.2018 | 09h28

Capacidade de armazenamento de alimentos cai 0,6%, diz IBGE

Facebook Print google plus

A capacidade útil disponível no país para armazenamento de alimentos caiu 0,6% do primeiro para o segundo semestre de 2017, totalizando 167 milhões de toneladas. Os dados foram divulgados hoje (12), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os silos predominaram no segundo semestre com 78,8 milhões de toneladas, o que representa 47,2% da capacidade útil total do país. Apesar disso, houve uma queda de 0,5% na capacidade desse tipo de local de estocagem.

Os armazéns graneleiros e granelizados, responsáveis por 37,8% da armazenagem nacional, atingiram 63,1 milhões de toneladas de capacidade útil armazenável, apresentando crescimento de 0,1%.

Já os aos armazéns convencionais, estruturais e infláveis, somaram 25,1 milhões de toneladas, uma queda de 2,5% em relação ao primeiro semestre de 2017.

Alimentos estocados

O estoque de produtos agrícolas cresceu 28% no segundo semestre de 2017, na comparação com o mesmo período do ano anterior, ao passar de 24,6 milhões de toneladas armazenadas no segundo semestre de 2016 para 31,5 milhões no segundo semestre de 2017.

Entre os produtos agrícolas, o maior volume estocado foi o de milho (13,8 milhões de toneladas), seguido pela soja (8,5 milhões), trigo (3,8 milhões), arroz (2,1 milhões) e café (971,3 mil toneladas).

Em relação ao segundo semestre de 2016, os estoques dos principais grãos do país tiveram aumento no segundo semestre de 2017: milho (63,8%), soja (36,1%) e arroz (48,5%). 

Voltar Imprimir

Comentários

Enquete

Qual sua opinião sobre a polarização neste segundo turno das eleições?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 17/10/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,40 -1,83%

Algodão R$ 98,44 -0,95%

Boi a Vista R$ 135,80 -0,84%

Soja Disponível R$ 70,70 -0,24%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.