Cuiabá, Sexta-feira 21/09/2018

Economia - A | + A

27.02.2018 | 11h52

Confiança do consumidor dos EUA atinge maior patamar desde 2000

Facebook Print google plus

O índice de confiança do consumidor nos Estados Unidos subiu de 124,3 em janeiro (dado revisado) para 130,1 em fevereiro, informou o Conference Board. Analistas consultados pela Dow Jones Newswires previam aumento menor, para 127,0.

Dos componentes do indicador, o índice da situação atual subiu de 154,7 para 162,4 no período, enquanto o índice de expectativas aumentou de 104,0 para 109,7.

De acordo com o diretor de Indicadores Econômicos do Conference Board, Lynn Franco, a confiança do consumidor chegou ao maior nível desde novembro de 2000, quando chegou a 132,6.

‘A avaliação dos consumidores sobre as condições atuais foi mais favorável neste mês, com a força de trabalho sendo o principal impulsionador. Apesar da recente volatilidade no mercado de ações, os consumidores expressaram maior otimismo com as perspectivas de curto prazo para as condições das empresas e do mercado de trabalho‘, disse Franco. 

Voltar Imprimir

Comentários

Enquete

O horário político no rádio e TV está sendo útil na sua escolha pelos candidatos?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 21/09/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 22.780 -0.650

Algodão R$ 114.850 1.080

Boi a Vista R$ 129.600 -0.310

Soja Disponível R$ 77.500 -1.900

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.