Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 16/09/2019

Esporte - A | + A

longe da 'mídia 19.08.2019 | 14h55

Cristiano Ronaldo admite ter pago R$ 1,5 mi para se livrar de acusação de estupro

Facebook Print google plus

Juventus

Juventus

O astro português Cristiano Ronaldo admitiu, nesta segunda-feira (19), ter pago cerca de 375 mil dólares (R$ 1,51 milhão) à Kathryn Mayorga, professora de educação física,  que o acusava de estupro.

 

Leia também - Unemat divulga 4ª chamada do Vestibular

 

Segundo o site americano “TMZ”, os advogados do jogador conseguiram um acordo no caso: “O senhor Ronaldo pagou à professora 375 mil dólares e ambas as partes concordaram em estar vinculadas por obrigações explícitas de confidencialidade e não depreciação”.

 

O caso aconteceu em 2009, quando a professora de educação física, Kathryn Mayorga, de 34 anos, alegou ter sido abusada sexualmente pelo português em um quarto de hotel em Las Vegas. As autoridades de Nevada, Estados Unidos, chegaram a abrir uma investigação contra Cristiano Ronaldo, mas, no mês passado, o Ministérios Públicos de Las Vegas anunciou que o caso não teria continuidade por não haver provas.

 

Mayorga abriu um processo civil contra o craque da Juventus e agora espera que um juiz encerre de vez o caso, argumentando que as duas partes assinaram um acordo de confidencialidade e que os prazos para apresentar uma queixa prescreveram.

 

No documento, Ronaldo afirma que o valor pago a Mayorga não é uma admissão de culpa, apenas o custo para manter as acusações longe da 'mídia'. O jogador sempre negou as acusações.

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Quem é o principal culpado pelas queimadas?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 16/09/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 23,00 0,00%

Algodão R$ 89,88 -0,08%

Boi a Vista R$ 133,40 -0,07%

Soja Disponível R$ 66,60 0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.