Cuiabá, Domingo 23/09/2018

Esporte - A | + A

29.12.2017 | 09h15

Saúde de Schumacher é mistério mesmo quatro anos após acidente

Facebook Print google plus

Há quatro anos, informações vazias e sequer uma foto vazada nas redes sociais. Sigilo perto do absoluto e verdadeiro mistério sobre o real estado de saúde de Michael Schumacher. Foi em 29 de dezembro de 2013 que o heptacampeão mundial de Fórmula 1 se acidentou, em uma estação de esqui, nos alpes franceses.

Schumacher, hoje com 48 anos, isolado do mundo desde o acidente em Meribel, vive em uma cama hospitalar, em sua casa em Glad, na Suíça. Pelo menos é o que se tem notícia. Quem chegou mais perto de alguma informação concreta, a revista alemã Bunte, foi condenada a pagar 50 mil euros (aproximadamente R$ 174 mil) por “invasão de privacidade”.

Mas pela primeira vez desde o acidente, ainda que aos poucos, bem aos poucos, a família Schumacher começou a ter algum tipo de contato com a imprensa. Isso não livrou a revista do processo na Justiça por dizer que o piloto poderia andar novamente. Tampouco significou a divulgação do real estado de saúde do heptacampeão mundial.

Inicialmente, ainda em janeiro, Willi Weber, um ex-agente do piloto, cobrou publicamente a família em "respeito aos público". Nada feito. Dois meses depois, em março, o filho Mick falou pela primeira vez sobre o pai, mas não passou de “ele é o meu modelo de vida”, em entrevista ao canal alemão RTL.

Filho na F-1

O mesmo Mick, em setembro, pela primeira vez estreitou laços com a F-1. Na tentativa de repetir os passos do pai, o agora piloto de Fórmul 3 guiou a Benetton do primeiro título de Schumacher, em uma volta de exibição no lendário circuito de Spa-Francorchamps. Mesmo ali, diante de holofotes do mundo todo, não deu nenhuma declaração que desvendasse o mistério.

Até que em novembro último, a mulher de Schumacher, Corinna, desde o início a grande responsável pela não divulgação de informações, falou pela primeira vez. Ela disse à mesma revista Bunte que o marido “tem apresentado sinais estáveis de recuperação”. E foi só.

Desde então, os fãs do heptacampeão, que se aposentou das pistas no GP do Brasil de 2012, se perguntam qual é o verdadeiro estado de saúde de quem ganhou a vida a mais de 300 km/h e foi parar em uma cama hospitalar por conta de um acidente de esqui.

 

Voltar Imprimir

Comentários

Enquete

Qual sua opinião sobre os aplicativos para denúncias de infrações eleitorais?

Parcial

Edição digital

Domingo, 23/09/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21.400 -0.470

Algodão R$ 120.370 0.530

Boi a Vista R$ 125.200 0.160

Soja Disponível R$ 69.500 -0.710

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

Enquete

Que importância tem o candidato a vice?

Parcial

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.