Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 16/07/2019

Judiciário - A | + A

Causou amputação 11.07.2019 | 18h19

Após 8 meses, procuradora se torna ré por atropelamento

Facebook Print google plus

Otmar de Oliveira

Otmar de Oliveira

O juiz Lidio Modesto da Silva Filho, da 4° Vara Criminal de Cuiabá, recebeu a denúncia contra a procuradora Luiza Farias Correa da Costa, acusada de atropelar o gari Darliley Silva Madaleno, em 2018. O homem estava na carroceira do caminhão de coleta, quando este foi atingido pelo carro da ré, na avenida Getúlio Vargas. A vítima foi prensado entre os veículos.

 

Leia também - MPE denuncia procuradora que atropelou gari que teve perna amputada

 

A denúncia foi oferecida pelo Ministério Público Estadual (MPE) na semana passada e aceita pelo juiz no dia 8 de julho. O magistrado afirmou que há indícios que apontam para a autoria do delito.

 

“Recebo a denúncia oferecida pelo Ministério Público contra a acusada, uma vez que preenchidos os requisitos”, afirma.
Na decisão, o juiz determina a ré apresente resposta à acusação no prazo de 10 dias. Laudo pericial também deve ser reunido aos autos.

 

A ré é acusado pelo MPE por por lesão corporal culposa e embriaguez ao volante.

 

O acidente foi registrado em 20 de novembro de 2018. Após o choque, o gari foi internado e precisou passar por cirurgia para amputar a perna. Já em casa, ele faz tratamento de reabilitação para retornar à rotina.

 

Em junho, a vítima ganhou uma prótese de perna para suprir a ausência do membro. Por conta de uma ponta de osso no coto, ele passou por nova operação para remoção da parte.

 

Uma ação com pedido de indenização para a família também tramita na esfera cível, mas ainda sem acordo entre as partes.
Desde o acidente, o homem é cuidado pela esposa e o casal sobrevive de doações e auxílio doença recebido pelo gari, que ainda não conseguiu se aposentar.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

joana - 12/07/2019

e o caso da medica?

1 comentários

1 de 1

GD

GD

Enquete

Qual sua opinião sobre liberdade de expressão online?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 16/07/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,65 0,00%

Algodão R$ 92,07 0,01%

Boi a Vista R$ 134,50 0,37%

Soja Disponível R$ 70,90 2,46%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.