Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 21/08/2019

Judiciário - A | + A

coronel entrega todos 16.07.2019 | 17h46

Após campanha, Casa Militar passou a cuidar de grampos, diz Zaqueu

Facebook Print google plus

Gcom/MT

Gcom/MT

O coronel Zaqueu Barbosa, que se mostra arrependido de ter participado das escutas ilegais, afirmou em depoimento na tarde desta terça-feira (16) que, após o fim da campanha eleitoral de 2014, se afastou dos cuidados diretos da interceptações telefônicas.

 

Segundo ele, quem ficou cuidando das escutas ilegais foi o coronel Siqueira, (Airton Benedito Siqueira), então chefe da Casa Militar e depois da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos da gestão de Pedro Taques (PSDB). 

 

Leia também - Zaqueu diz que recebeu R$ 12 mil de Paulo Taques para grampos

 

"Eu tinha interesse em acabar com a corrupção. Era isso que ele (Pedro Taques) falava, que viria para acabar com a corrupção", disse Zaqueu, que foi comandante-geral da Polícia Militar no governo tucano. Ele contou em depoimento que achava que as escutas se restringiam ao período eleitoral, mas se estendeu.

 

Troca de farpas

 

"Se formos procurar responsabilização, tem gente muito mais responsável do que eu aqui", destaca o coronel aposentado sobre a acusação de prevaricação. De ter determinado ações por meio de ofício para sanar interesse particular.

 

"A gente bateu na porta do Ministério Público e todas vezes falavam que não tinha fatos novos", afirma sobre a negativa de delação.

 

O promotor de Justiça, Vinicius Gahyva, afirma que na época dos fatos Paulo e Pedro Taques eram advogado e senador, respectivamente. Com isso, o promtor questiona se eles pressionaram Zaqueu de alguma de alguma forma.  Zaqueu, então era subchefe de Estado Maior.  Ele responde negativamente.

  

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Depois da Alemanha, a Noruega suspendeu repasses para a conservação da floresta Amazônica

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 21/08/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,85 -0,91%

Algodão R$ 117,27 1,06%

Boi a Vista R$ 134,72 0,00%

Soja Disponível R$ 70,55 -0,98%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.