Publicidade

Cuiabá, Domingo 19/05/2019

Judiciário - A | + A

Grampolândia 17.09.2018 | 14h18

Cabo Gerson é visto em bar e pode ser preso por descumprir cautelares

Facebook Print google plus

Otmar de Oliveira

Otmar de Oliveira

O Ministério Público de Mato Grosso (MPE) pediu nova prisão contra o cabo da Polícia Militar em Mato Grosso, Gerson Corrêa Júnior, por descumprimento de medidas cautelares. Ele é réu no processo originado do esquema de interceptações telefônicas clandestinas que ficou conhecido como “grampolândia pantaneira” e nos últimos dias delatou a participação de políticos no esquema.

 

O PM foi visto, segundo o MPE, no bar Malcon Pub, localizado na avenida Miguel Sutil, em Cuiabá, durante a madrugada do dia 31 de agosto. Conforme relatado, na mesma data constam diversas falhas no relatório de monitoramento.

 

O juiz Murilo Moura Mesquita, da 11ª Vara Criminal Especializada em Justiça Militar de Cuiabá, determinou que um oficial de Justiça se desloque ao estabelecimento para apurar sobre os fatos. Circuito interno de segurança deve ser inspecionado com o objetivo de reunir provas.

 

No dia 13 de setembro, Murilo Moura notificou a defesa do cabo Gerson. Prazo de 2 dias foi estabelecido para o advogado Neyman Monteiro apresente justificativa sobre a suposta violação de medida restritiva.

 

Gerson Corrêa delatou nas últimas audiências a suposta participação nos grampos do governador de Mato Grosso, Pedro Taques e do ex-secretário de Casa Civil, Paulo Taques. O crime foi cometido na modalidade barriga de aluguel, quando nomes de pessoas não investigadas são inseridos em requerimentos de quebra de sigilos telefônicos contra investigados.

 

No processo da 11ª Vara são julgados apenas militares. Pedro Taques e Paulo Taques são nomes investigados em inquérito sigiloso no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

GD

GD

Enquete

77% dos brasileiros costumam se automedicar. Qual sua opinião?

Parcial

Edição digital

Domingo, 19/05/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 23,90 0,21%

Algodão R$ 93,12 0,03%

Boi a Vista R$ 136,00 0,00%

Soja Disponível R$ 60,36 -1,68%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.