Cuiabá, Sexta-feira 19/10/2018

Judiciário - A | + A

12.03.2017 | 11h10

Fabris será ouvido em abril sobre suposto desvio na AL

Facebook Print google plus

O Tribunal de Justiça designou para o dia 28 de abril, às 15 horas, a audiência de interrogatório do deputado estadual Gilmar Fabris (PSD), acusado de participar de um suposto desvio de R$ 1,5 milhão dos cofres do Legislativo.

O suposto esquema teria ocorrido por meio da utilização de 123 cheques assinados pelo deputado Gilmar Fabris, pelo ex-deputado José Riva e Guilherme da Costa Garcia, totalizando a quantia de R$ 1,5 milhão a mais de 30 empresas, como suposto pagamento de serviços prestados à Assembleia Legislativa.

Marcus Vaillant

Deputado Fabris será ouvido em abril sobre suposto desvio na Assembleia Legislativa

Segundo o Ministério Público do Estado, os cheques eram endossados pelos denunciados à empresa fantasma Madeireira Paranorte e Para Sul Ltda, e depositados na conta bancária dessa sociedade sem sequer chegar às pessoas jurídicas destinatárias.

A conta corrente da madeireira seria administrada pelo denunciado Agenor Jacomo Clivati, ex-funcionário do escritório contábil que José Riva possuía na cidade de Juara, além de servidor da Assembleia Legislativa.

O filho de Agenor, Djan da Luz Clivati, que também era servidor da Assembleia Legislativa, teria a função de sacar o dinheiro da conta corrente da empresa e distribuir entre os integrantes da "empreitada criminosa organizada", denunciou o MPE.

No processo, o Ministério Público requer que todos sejam condenados por improbidade administrativa, percam os cargos públicos e sejam obrigados a ressarcir o erário. Todas as testemunhas arroladas pela defesa de Fabris, bem como as de acusação, já foram ouvidas. Falta apenas o interrogatório do deputado.

Inicialmente, o processo tinha como acusado Riva, porém, o Desembargador Pedro Sakamoto determinou o desmembramento da ação penal, visto que Riva não possui mais foro privilegiado. Além disso, a ação em relação a Riva encontra-se em estágio avançado, uma vez que ele já foi até mesmo interrogado. No entanto, apesar de ter perdido o foro, o caso não será remetido à primeira instância em razão do atrelamento com Fabris.
 

Voltar Imprimir

Comentários

GD

GD

Enquete

Qual sua expectativa sobre os políticos que vão ocupar o Congresso Nacional?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 19/10/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,86 0,00%

Algodão R$ 96,04 -1,04%

Boi a Vista R$ 131,00 0,00%

Soja Disponível R$ 71,80 1,13%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.