Cuiabá, Quarta-feira 20/02/2019

Judiciário - A | + A

fazenda de Gilmar Mendes 09.02.2019 | 08h14

Juiz determina perícia para identificar crime ambiental em fazenda de Gilmar Mendes

Facebook Print google plus
Arthur Santos da Silva

arthur@gazetadigital.com.br

Reprodução

Reprodução

O juiz André Luciano Costa Gahyva, da 1ª Vara Cível de Diamantino (208 km a médio-norte de Cuiabá), determinou a produção de prova pericial para saber sobre possíveis danos ambientais causados em área rural do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes.  

 

Leia também - Patrimônio de Gilmar Mendes e esposa é investigado pela Receita

 

Ação promovida pelo Ministério Publico alega que foi constatado desmate e degradação na área de reserva legal dentro de uma propriedade de Mendes, em Diamantino, bem como captação de águas superficiais perante a margem de um rio sem outorga concedida pela Secretaria de Meio Ambiente (Sema).   

 

Segundo o juiz André Luciano Costa Gahyva, não foi possível constatar, após acusação e defesa, se a área realmente está degradada. Justamente por isso tornou-se necessário realização de perícia especializada.   

 

“As alegações trazidas na peça de defesa dos requeridos deixam este juízo em dúvidas sobre a existência, ou não, de atividade lesiva ao meio ambiente, não restando claro, até agora, se a conduta praticada pelos réus na inicial causou ou esteja em vias de causar dano irreparável ou de difícil reparação ao meio ambiente", afirmou o juiz no dia 6 de fevereiro.   

 

Por desconhecer a verdadeira situação, o magistrado negou pedido liminar que buscava antecipar adequações. Gilmar Mendes é processado em ainda mais 4 ações por crimes ambientais. Familiares do ministro também são acionados no processo.

 

O membro do STF já negou publicamente irregularidades em suas terras em Diamantino.

Voltar Imprimir

Comentários

Enquete

Abriria mão de direitos como 13º e FGTS por uma remuneração maior?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 20/02/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,60 -0,24%

Algodão R$ 89,91 -0,12%

Boi a Vista R$ 129,33 0,00%

Soja Disponível R$ 65,20 0,15%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.