Cuiabá, Sábado 16/02/2019

Judiciário - A | + A

sem privilégios 23.11.2018 | 14h01

Juiz nega pernoite em fazenda e ressalta que igual Arcanjo existem outras 1,5 mil pessoas

Facebook Print google plus
Arthur Santos da Silva

arthur@gazetadigital.com.br

Chico Ferreira

Chico Ferreira

O juiz Geraldo Fidélis, da Vara de Execução Penal de Cuiabá, negou reexaminar decisão que não permitiu ao ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro, pernoitar, durante seus finais de semana, na Fazenda São João, em Várzea Grande.

 

Leia também - Ministério Público vê 'inconsistência' entre ponto e tornozeleira de Arcanjo

 

O magistrado explicou que mais de 1,5 mil pessoas também vivem monitoradas por tornozeleira, no mesmo regime de pena, não sendo justo conceder benefícios somente ao ex-bicheiro.  

 

O requerimento foi negado inicialmente em outubro. Insatisfeito, o antigo chefe do crime organizado em Mato Grosso recorreu. Ele argumentou que no dia 26 de fevereiro, ao passar para o regime semiaberto mediante monitoramento por tornozeleira, foi autorizado a permanecer, das sextas-feiras até os domingos, na referida fazenda.   

 

Para rebater Arcanjo, Fidélis explicou que a permanência não significa dormir no local, visto que a fazenda é próxima da zona urbana de Cuiabá e Várzea Grande.

 

Ainda segundo Fidélis, justamente na decisão de outubro as chances de pernoite na zona rural foram refutadas. Ele explicou que a autorização para lá pernoitar implicaria diretamente na necessidade de abertura de diferente “zonas de inclusão” no monitoramento eletrônico.    

 

Para negar o reexame sobre o caso, o magistrado salientou que existem outras mais de 1,5 mil pessoas cumprindo regime semiaberto só na baixada cuiabana. Caso o benefício fosse concedido a Arcanjo, todos os outros reeducandos deveriam ser beneficiados.  

 

“O mesmo direito e obrigação que possui o senhor João Arcanjo Ribeiro também assiste ao ‘João da Silva’, ao ‘Manoel dos Anjos’ e ao ‘Francisco da Costa’, além dos outros recuperandos”, finalizou Geraldo Fidélis.

Voltar Imprimir

Comentários

Chico Ferreira

Chico Ferreira

GD

GD

Enquete

Homens e mulheres devem se aposentar com a mesma idade?

Parcial

Edição digital

Sábado, 16/02/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,00 1,27%

Algodão R$ 95,80 -0,50%

Boi a Vista R$ 137,00 -0,72%

Soja Disponível R$ 69,00 0,00%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.