Publicidade

Cuiabá, Sábado 24/08/2019

Judiciário - A | + A

SIMULOU ASSALTO 20.07.2019 | 08h33

Mecânico é condenado a 15 anos de prisão por matar namorado da ex

Facebook Print google plus

Divulgação

Divulgação

O mecânico Gabriel Almeida Mancinelli foi condenado a 15 anos e 6 meses de prisão, pela morte de Venicio dos Santos Amaral, em 2017. O crime teria sido motivado por ciúmes, visto que a vítima mantinha relacionamento amoroso com a ex-namorada do réu. O Acusado foi submetido a júri popular no dia 17 de julho e o conselho de sentença o culpou pelo assassinato.

 

Leia também -Irmãos chegam baleados, causam pânico e acabam morrendo

 

A sessão de julgamento foi presidida pela juíza Mônica Catarina Perri, titular do Tribunal do Júri, e em interrogatório o réu negou a autoria do crime. Ele está preso na Penitenciária Central do Estado (PCE) desde outubro de 2017.

 

Segundo os autos, o acusado namorou a jovem Ana Paula Dutra Gonçalves por um tempo. Depois do término da relação, o réu soube que ela estava se relacionando com a vítima e, movido pelo ciúme, passou a planejar a morte do rival.

 

No dia 21 de agosto de 2017, por volta das 14h30, o acusado foi até a casa da vítima, onde ela estava com 4 amigos. Simulando um assalto e ele atirou contra Venicio na cabeça e fugiu em seguida. Somente o rapaz foi ferido e morreu no local.

 

Conforme relato de uma das testemunhas, o réu chegou no portão da casa, no bairro Santa Laura, e perguntou sobre os serviços de limpeza de piscina que o morador, irmão da vítima, fazia. Depois anunciou o roubo e entrou na casa.
Com a arma em punho, mandou que todos sentassem no chão, com a cabeça abaixada. Depois atirou várias vezes contra a cabeça de Venicio.

 

As vítimas não conheciam o réu e o reconheceram como autor do crime na delegacia.

 

Em investigação, foram encontradas conversas no celular da vítima, entre ele e a irmã de Ana Paula. Nas mensagens a mulher o alertava quanto a periculosidade de Gabriel: “cuidado Venicius, ele é perigoso, ele mata desde os 13 anos, ele tem uma arma, ele já falô, ele vai te achá, ele vai te encontrar, ele vai descobrir onde você tá Venicius(sic)”, dizia uma das mensagens.

 

Antes de ser morto, o jovem estava com comportamento diferente. Não saía à noite e escondia o uniforme da empresa que trabalhava. Ele já tinha se desligado de Ana Paulo e a bloqueado nas redes sociais, na esperança de que o acusado não o perseguisse.

 

“Pelo exposto e considerando a vontade soberana do Conselho de Sentença, condeno o réu Gabriel Almeida Mancinelli à pena privativa de liberdade de 15 anos e 6 meses de reclusão, no regime inicialmente fechado”, diz a sentença.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Qual seria o maior avanço da ciência?

Parcial

Edição digital

Sábado, 24/08/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,30 -1,22%

Algodão R$ 98,96 -0,18%

Boi a Vista R$ 129,00 0,00%

Soja Disponível R$ 67,50 0,30%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.