Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 24/06/2019

Judiciário - A | + A

Fraudes na Saúde 08.01.2019 | 14h10

Ministério Público expande Sangria para Rondonópolis e examina contrato da Saúde

Facebook Print google plus

Divulgação/ PJC-MT

Divulgação/ PJC-MT

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPE) abriu inquérito civil no dia 7 de janeiro para apurar suposta irregularidades cometidas pela Prefeitura Municipal de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) na contratação de serviços fornecidos pela empresa Serviços de Saúde e Atendimento Domiciliar (Qualycare), investigada no âmbito da Operação Sangria 2, por fraudes na Saúde.

 

Leia também - STJ mantém prisão de ex-secretário adjunto acusado por fraudes na Saúde

 

Conforme o despacho publicado nesta segunda-feira (7), a Qualycare teria sido contratada pelo município em 2016 para realizar transferências hospitalares dentro do Estado.  

 

"O inquérito foi instaurado considerando que a empresa "foi contratada pela Prefeitura Municipal de Rondonópolis no ano de 2016 através do Contrato nº264/2016, para prestação de serviços de transporte de UTI terrestre para atender os pacientes usuários do SUS”, afirma trecho do inquérito. 

 

Se confirmado, o município responderá judicialmente por crime de responsabilidade e por Improbidade administrativa. Novos nomes de envolvidos podem surgir.

 

Operação  Sangria 

 

A investigação da operação Sangria apura fraudes em licitação, organização criminosa, corrupção ativa e passiva, crimes cometidos através de contratos celebrados com as empresas usadas pela organização, em especial, a Sociedade Mato-Grossense de Assistência Médica em Medicina Interna (Proclin), Serviços de Saúde e Atendimento Domiciliar (Qualycare) e Prox Participações.      

 

Foram alvos de mandados de prisão no dia 18 de dezembro o ex-secretário de Saúde, Huark Douglas Correia, Fábio Liberali Weissheimer, Adriano Luiz Sousa, Kedna Iracema Fonteneli Servo, Luciano Correa Ribeiro, Flávio Alexandre Taques da Silva, Fábio Alex Taques Figueiredo e Celita Natalina Liberali.        

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

GD

GD

Enquete

O que você pensa sobre a recuperação dos canteiros por onde deveria passar o VLT?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 24/06/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,10 0,48%

Algodão R$ 95,03 0,69%

Boi a Vista R$ 135,86 0,12%

Soja Disponível R$ 65,00 0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.