Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 21/05/2019

Mande seu Whats - A | + A

R$ 20 MIL 31.12.2018 | 13h03

Homem que perdeu perna em acidente pede ajuda para comprar prótese

Facebook Print google plus
Ana Flávia Corrêa

anaflavia@gazetadigital.com.br

Reprodução

Reprodução

O vendedor Luiz Augusto Tomicha Ortega, 32, teve a perna amputada ao sofrer uma acidente em setembro de 2017. Ele ia para o trabalho de moto quando foi atingido por um carro e arremessado contra um poste.

 

Há pouco mais de um ano parado, ele pede ajuda para conseguir comprar uma prótese no valor de R$ 20 mil para "ter uma vida digna e recuperar sua autoestima", como diz seu relato na página da vaquinha virtual que criou para angariar o dinheiro. 

 

"No momento em que fui socorrido os médicos me apresentaram duas opções. Eles poderiam tentar recolocar a perna no local, porém a minha vida estaria em jogo pois já havia perdido muito sangue, ou se conformar e posteriormente utilizar uma prótese. Eu decidi viver", disse. 

 

Ao , ele contou que trabalhava em uma banca de frutas no Centro de Abastecimento do Estado de Mato Grosso (Ceasa-MT) e estava indo trabalhar em um domingo quando o acidente aconteceu. 

 

"Eu fiquei muito tempo perdendo sangue. Aí os enfermeiros do SAMU [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência] falaram que eu estava com começo de hemorragia. E aí eu só falei 'então salva eu logo', porque eu estava com medo, mas estava consciente. Eu desmaiei e acordei, entendeu? Fiquei sentado segurando a minha perna para não sair muito sangue", explicou. 

 

Afastado do emprego em que recebia quase R$ 2,5 mil por mês, ele começou a se sustentar com um auxílio governamental no valor de R$ 1,1 mil. Como mora sozinho, precisa do dinheiro para pagar aluguel, água, luz e ainda arcar com a pensão de um filho. No último mês, no entanto, foi a namorada quem o ajudou com suas despesas, já que ficou sem o auxílio. 

 

"Não me deram respaldo de quando eu iria ter a minha prótese. Um amigo meu que mora no interior me deu a sugestão de fazer uma vaquinha. Eu nem sabia como fazia isso mas ele fez isso para mim. Fizemos uma vídeo chamada e ele foi colocando no computador", contou.

 

"Eu quero voltar a trabalhar porque não estou aguentando mais ficar em casa desse jeito. Eu fico aqui, mas às vezes eu saio lá para fora também para não ficar em depressão. Mas eu quero a prótese para ter a minha vida normal", finalizou.

 

Aos interessados em ajudar o vendedor, ele pode ser encontrado pelo número (65) 9 9998-8386. O link da vakinha é o: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/compra-de-uma-protese-luiz-augusto-tomicha-ortega?fbclid=IwAR1aNrwK1BVxKLyu4uBppCCW_TkTOBI6QIbxPR2nkYIp3TO-d6jEe5tUNno  

 

Esta matéria foi produzida através de sugestão de um internauta. Você também pode participar, enviando o pedido ao WhatsApp do Gazeta Digital. Para enviar sugestões, fotos e vídeos o número é (65) 9 9987-2065. Ou no in box do Facebook.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

GD

GD

Publicidade

Enquete

Patinete elétrico virou febre no país. Você teria um?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 21/05/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,20 -3,96%

Algodão R$ 93,18 0,15%

Boi a Vista R$ 135,42 -0,18%

Soja Disponível R$ 64,60 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.