Cuiabá, Sexta-feira 19/10/2018

Mande seu Whats - A | + A

11.09.2017 | 16h56

Morre mulher que aguardou 1 ano por cirurgia

Facebook Print google plus

O funcionário de empresa de produção de festas, Sérgio Murilo da Silva, 20, pretende acionar a justiça para responsabilizar a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Cuiabá pela morte da mãe dele, a empregada doméstica Nelci da Silva, 40. “Se minha mãe fosse tratada no começo não teria morrido. Foi um descaso”, acusa.

Reprodução

Nelci morreu no último sábado (9), em decorrência de complicações de um tumor que não era tratado há pelo menos 1 ano. “Minha mãe foi no Posto de Saúde do bairro Santa Isabel, recebeu o diagnóstico médico e lá disseram que ela estava na fila de espera para fazer a cirurgia de retirada do cisto pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mas já havia se passado um ano e nada aconteceu”, conta. “Diversas vezes perguntamos se já tinha data e eles respondiam que ainda não”, critica.

Na quarta-feira (6), Nelci sentiu fortes dores no abdômen e foi levada às pressas para o Hospital Universitário Júlio Muller (HUJM), onde passou por cirurgia de urgência, com risco de morte.

Durante a cirurgia o cisto, que já pesava mais de 10 quilos, rompeu atingindo pulmão, coração e rins. Nelci saiu da sala de cirurgia em estado grave para um leito da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), na sexta-feira (8), o filho temia pelo pior e denunciou a negligência com a mãe dele ao Gazeta Digital. Nelci acabou não resistindo e morreu no sábado.

Leia mais: Mulher espera 1 ano por cirurgia e cisto chega a 10 kg; ela está na UTI

A SMS foi procurada para falar sobre o caso, mas até a publicação do material, não deu retorno.

Esta matéria foi produzida através de uma sugestão enviada pelo WhatsApp do Gazeta Digital. Para enviar sugestões, fotos e vídeos o número é (65) 9 9987-2065. 

Voltar Imprimir

Comentários

GD

GD

Enquete

Qual deveria ser a prioridade do próximo presidente?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 19/10/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,00 -1,04%

Algodão R$ 97,17 0,16%

Boi a Vista R$ 133,15 -0,63%

Soja Disponível R$ 70,70 -0,24%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.