Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 21/05/2019

Mande seu Whats - A | + A

14.06.2018 | 17h20

Mulher aguarda 13h para ser atendida na UPA e marido se revolta

Facebook Print google plus
Internauta

 O segurança Benjamim Evangelista, morador da região do CPA, em Cuiabá, está revoltado com a demora no atedimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Morada do Ouro. Ele procurou o Gazeta Digital e reclamou que sua esposa precisou aguardar por 13 horas para ser atendida na unidade.

Foi a 2ª vez que ele levou Cleonice Machado da Costa, 50, para tratar de um furúnculo na perna e se deparou com a unidade lotada. De acordo com ele, apenas 1 médico (clínico-geral) estava disponível para atender dezenas de pacientes que aguardavam por horas.

Cleonice, que é auxiliar de limpeza, esteve na UPA na última terça-feira (12). Ela chegou por volta das 9h precisou aguardar até as 22h para ser atendida e medicada. No entanto, não havia os remédios prescritos (antibióticos) na farmácia do pronto atendimento, segundo o marido.

Nesta quinta-feira (14), Claeonice, sentindo fortes dores, faltou mais um dia de serviço e buscou atendimento na UPA, por volta das 8h. "Quando cheguei para avaliar o tipo do meu atendimento a mulher me falou que tinha apenas 1 médico e que ia demorar muito. Tem gente de todo o jeito aqui. Idosos, crianças, pessoas em cadeira de rodas, todas esperando atendimento. É um descaso isso aqui", relatou Cleonice.  

Por volta das 17, ela ainda não tinha sido atendida. Uma enfermeira teria avisado a todos que aguardavam no local que só sairiam pela madrugada. “Não é só por ela, é por todas as pessoas que estão ali passando mal, precisando de atendimento. Fico indignado com isso, tem apenas um médico para atender e quando você é medicado não tem remédio”, diz o segurança revoltado com o que ele classifica como descaso com os usuários da saúde pública em Cuiabá.

A reportagem também recebeu outra reclamação sobre a precariedade do atendimento na UPA Morada do Ouro. Com dores na barriga, a operadora de caixa, Rosimar Lemes de Souza, 37, relatou que chegou no mesmo horário que Cleonice e ainda não tinha sido atendida por volta das 17h. Segundo o marido, Paulo José, ela está com dores fortes no estômago.

Internauta

“Eles [servidores da UPA] informaram que vão começar o atendimento a partir das 18h. Pelo que ela me falou só tem 1 médico que está atendendo a emergência e a sala vermelha”, disse Paulo José.

Benjamin disse que já ligou na Secretaria de Saúde e na Prefeitura de Cuiabá. No entanto, recebeu a informação de que o atendimento está normal enquanto um assessor da Prefeitura disse que iria verificar a situação e dar um retorno.

Outro lado

De acordo com a assessoria da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), na UPA Morada do Ouro são 2 clínicos  fazendo o atendimento aos pacientes e reforçou que são priorizados de acordo com a classificação de risco.

Disse ainda que os atendimentos de emergência são realizados de forma imediata, tendo espera estimada entre 10 até 60 minutos, dependendo do caso. Para os atendimentos considerados de pouca urgência a previsão é de 120 minutos à 240 minutos, ou seja, entre duas e 4 horas de espera.

Porém, a assessoria informou que por conta da baixa na temperatura a UPA está recebendo um grande número de idosos (que têm atendimento prioritário) e pessoas com problemas respiratórios. E, em razão do grande fluxo de pacientes a espera pelo atendimento pode se prolongar.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Presenciei e não Acreditei - 15/06/2018

Profissionais não usam vestimentas apropriadas "Jaleco" para não serem vistos. Ontem a tarde tinha 2 médicos de plantão, 1 estava descansando e o outro Médico passeando pelo hospital. Preguiça isso sim. Ganha para trabalhar quando quer e quando da vontade.

janaina ribeiro - 15/06/2018

sobre o caso da UPA \DA MORADA DO OURO ,,,,O QUE MAIS REVOLTA E A DEMORA E A FALTA DE MEDICO ...FICO PENSANDO ,VAI INAUGURA UM PRONTO SOCORRO NOVO ,,,ENQUANTO NAO ESTA PRONTO PORQ ,,NAO COLOCA ESSES MEDICOS PRA ATENDE NAS UPA/ NESSES POSTINHO DE BAIRRO QUE TAMBEM E UMA DEMORA SEM FALA QUE PRA ARCA EXAME TEM QUE LEVANTA CEDO PRA CONSEGUI VAGA ....ISSO EU VEJO NOS POSTINHO DE BAIRRO PRINCIPALMENTE DO 1 DE MARÇO ,,SEM FALA QUANDO OS FUNCIONARIOS ESTAO FAZENDO POUCO CASO PRA ATENDE QUEM ESTA LA E DA MAIS ATENÇAO PRO WATSSANP ...

2 comentários

1 de 1

GD

GD

Publicidade

Enquete

Patinete elétrico virou febre no país. Você teria um?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 21/05/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,35 0,74%

Algodão R$ 117,24 -0,22%

Boi a Vista R$ 131,39 -0,84%

Soja Disponível R$ 63,80 -2,74%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.