Cuiabá, Quarta-feira 26/09/2018

Mundo - A | + A

14.09.2018 | 10h10

Estudo revela mais de 3 mil casos de abuso na Igreja católica

Facebook Print google plus

Um estudo interno elaborado por responsabilidade da Conferência Espiscopal da Alemanha revelou pelo menos 3.677 casos de abusos sexuais cometidos por 1.670 religiosos católicos entre os anos de 1946 e 2014. As informações foram veiculadas pelo jornal alemão Der Spiegel e pela rede de notícias europeia Euronews nesta quinta-feira (13).

Segundo as publicações, o documento foi analisado por especialistas das faculdades de Mannheim, Heidelberg e Giessen, da Alemanha, e mostra que os abusos são um "problema massivo" que persiste na atualidade. Metade das vítimas eram menores de 13 anos. Em um a cada seis casos, houve "alguma forma de violação", de acordo com o texto.

Para dois terços das vítimas, os abusadores eram ainda padres confessores ou curas com quem mantinham algum tipo de vínculo religioso.

As conclusões da pesquisa realizada sob responsabilidade da Conferência Episcopal da Alemanha devem ser apresentadas pelo cardeal Reinhard Marx — atual arcebispo da Arquidiocese de Munique e Frisinga — no próximo 25 de setembro.


Informações confidenciais

A divulgação do estudo pelo Der Spiegel foi criticada pelo bispo Stephan Ackermann — coordenador da Conferência Episcopal para a investigação de abusos sexuais. Ackermann lamentou que tenham sido publicadas informações de "cunho confidencial". Segundo ele, a transmissão "irresponsável" do estudo foi um "duro golpe".

Em comunicado, a Conferência Episcopal alemã completou que, diante das conclusões do documento que deve ser oficialmente apresentado no final de setembro, foi organizado um serviço de consultoria por telefone aos possíveis afetados. O bispo disse também que as revelações "deprimem e envergonham", e tiveram como objetivo "dar claridade e transparência" a uma "página obscura de nossa Igreja".

O Der Spiegel divulgou que os especialistas universitários analisaram pelo menos 38.000 atas e material procedente das 27 dioceses alemãs. O estudo dá a entender que existe ainda um "número obscuro" de muitos outros abusos que não poderão ser investigados porque as atas foram destruídas ou por falta de testemunhos.

Encontros com pontífice
O papa Francisco deve receber, entre 21 e 24 de fevereiro, presidentes de Conferências Episcopais de todo o mundo com o objetivo de falar sobre a prevenção de abusos sexuais na Igreja católica. O pontífice também conversa com vários bispos dos Estados Unidos nesta sexta-feira (14) para debater os escândalos sexuais envolvendo a Igreja que vieram à tona no país.

Voltar Imprimir

Comentários

Enquete

Qual sua opinião sobre o voto nulo e voto em branco?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 26/09/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 27.650 -1.600

Algodão R$ 97.760 -0.390

Boi a Vista R$ 131.000 0.000

Soja Disponível R$ 69.000 -1.290

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.