Publicidade

Cuiabá, Domingo 15/09/2019

Polícia - A | + A

há 6 anos 13.05.2019 | 15h45

Homem escondeu corpo de mulheres em terreno de sua casa

Facebook Print google plus
Ana Flávia Corrêa

anaflavia@gazetadigital.com.br

Reprodução/Chico Ferreira

Reprodução/Chico Ferreira

Corpos de mulheres desaparecidas em 2013 foram encontrados nesta segunda-feira (13), no terreno dentro da casa do assassino, no bairro Nova Conquista, em Cuiabá. As vítimas Talissa de Oliveira Ormond, 22, e Benildes Batista de Almeida, 39, se relacionaram com o assassino Adilson Pinto da Fonseca, 48.

 

Leia também - Governo demite 31 servidores envolvidos em venda ilegal de CNHs

 

Ossada de uma delas foi encontrada a mais de 1 metro de profundidade perto da calçada, na lateral da casal. Mesmo usando equipamento apropriado para rastreamento do solo, foi uma denúncia recebida que ajudou as equipes na localização do ponto em que o corpo havia sido ocultado.

 

Segunda ossada ainda não foi achada, contudo, o suspeito confessou as duas mortas e informou onde enterrou a segunda vítima. 

 

Buscas são comandadas pelo Núcleo de Pessoas Desaparecidas, da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP). Ele já está preso em flagrante por ocultação de cadáver. 

 

Os inquéritos, com mais de dois volumes de informações colhidas ao longo dos anos da investigação, direcionam para o suspeito. “Mas não tínhamos corpo e agora poderemos concluir”, afirmou o delegado Fausto José Freitas, que deve novamente interrogar o preso para saber das motivações  e circunstâncias em que as mortes ocorreram. 

 

Sumiços 

 

Talissa de Oliveira Ormond,22, teve o desaparecimento comunicado em 8 de julho de 2013. A mãe da moça contou que ela tinha saído para trabalhar mas não deu mais noticias. Na empresa, a chefe informou que naquele dia ela foi trabalhar e saiu com um rapaz moreno. No dia seguinte ela teria ligado na empresa pedindo socorro, mas não deu mais notícias.

 

Benildes Batista de Almeida, 39, desapareceu em 17 de dezembro de 2013. Ela morava na cidade de Asturia, na Espanha, e tinha voltado ao Brasil, onde passou cinco meses com a família. A filha dela entrou em contato com a Polícia Federal, que não identificou que ela havia saído do Brasil.  (com assessoria)

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Turismo internacional cresce no mundo, mas recua no Brasil segundo a Organização Mundial do Turismo. Qual a principal causa?

Parcial

Edição digital

Domingo, 15/09/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,50 0,47%

Algodão R$ 91,53 0,22%

Boi a Vista R$ 131,03 -0,03%

Soja Disponível R$ 68,80 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.