Cuiabá, Sexta-feira 19/10/2018

Polícia - A | + A

06.02.2018 | 09h32

Ladrões aproveitam abertura de portão para invadir casa de servidora

Facebook Print google plus
Lenine Martins/Sesp-MT

PM foi acionada, fez rondas e prendeu 2 ladrões

Atualizada às 10h12 - Casal de classe média alta e o filho de 3 anos foram abordados nesta segunda-feira (5) à noite, por volta das 22h30, por 4 ladrões armados, quando chegavam em casa, no bairro Santa Terezinha, em Cuiabá.

"Quando a gente abriu o portão eletrônico, eles entraram junto", explica a vítima F.K.A.C., 30, servidora pública.

A família foi vítima de um tipo de roubo a cada dia mais comum na Capital e a Polícia Militar vem alertando para este modo de operar.

"De imediato, eu desci do carro e fui retirar meu filho, que estava na cadeirinha, porque pensei: se forem levar a caminhonete agora, meu filho fica comigo. Agarrei meu menino nos braços e entrei em casa", detalha a mulher.

Os ladrões anunciaram o assalto, pediram todos os celulares e jóias. Levaram alianças dela e do marido, o zootecnista A.C.L.B.D., 34. Quiseram também as correntes de ouro e anéis. Levaram ainda 4 celulares. Colocaram no carro uma TV LCD de 48 polegadas e DVD portátil. Dividiram-se em duplas e dois ladrões saíram no carro que deu suporte ao assalto, um GM Classic prata, e outros dois na caminhonete Ford Ranger XLT CD2 cinza da família.

"Quando eles saíram, acionamos a Polícia Militar", conta a mulher. "Ficamos assustados, mas, apesar de armados, os ladrões em nenhum momento colocaram revólver em nossas cabeças ou algo assim. Apenas pediram que ficássemos calmos e parados, que nada aconteceria. Nisso eu perguntei se iam levar o carro e um deles respondeu que sim. Então pedi para pegar documentos pessoais e eles permitiram".

As carteiras no entanto os ladrões levaram com R$ 469.


Alianças do casal e correntes foram roubadas

Mediante a rápida descrição do crime, a Polícia Militar, com reforço de 2 batalhões e da Rotam, fez rondas na região e se deparou com o GM Classic. Na abordagem, foram presos Willian Rodrigues da Silva Lima, 22, e Alex Diniz de Jesus, 19. Algemados, ambos foram levados à Central de Flagrantes, onde a ocorrência foi registrada por crimes de roubo, sequestro, cárcere privado e formação de quadrilha.

Outros dois ladrões fugiram, abandonando a caminhonete Ford Ranger da família na avenida Brasil, próximo à UPA Pascoal Ramos.

A PM recuperou os celulares mas não o dinheiro e as jóias, principalmente as alianças do casal. "Fiquei triste, porque têm uma história, lembram nosso casamento, mas entre os objetos e a nossa saúde, nosso bem estar, a saúde do meu filho, prefiro isso", comenta a vítima. "Faz parte", lamenta a onda de violência.

Outro roubo

Ao atender uma outra ocorrência, mais cedo, às 21h no bairro Jardim Imperial, e fazer o comparativo com esta, a Polícia Militar percebeu a semelhança entre os 2 casos.

No assalto do Jardim Imperial também havia 4 ladrões, que invadiram a casa do PM K.W.C.O., 34, quando ele foi abrir o portão eletrônico para a irmã dele entrar com o cunhado, em visita.

"Os ladrões mandaram todos nós deitarmos no chão, armados, e ficavam perguntando quem era o PM", detalha a vítima, que mora com a esposa e os pais, que são idosos mas estevam fora, em viagem.

Desta residência, os ladrões levaram jóias, celulares, relógio e a Hillux preta da família. A esposa do policial informou que o carro tem rastreamento por satélite e foi fácil encontrá-lo abandonado em uma obra.

Já os pertences não foram recuperados.

Depois deste crime, os 4 seguiram para a residência no Santa Terezinha e foi quando 2 foram presos e 2 fugiuram.

Na Central de Flagrantes, as vítimas dos dois assaltos reconheceram a dupla detida, que deve passar hoje pela audiência de custódia e ser encaminhada ao sistema prisional ou ganhar a liberdade monitorada por tornozeleira eletrônica.

Voltar Imprimir

Comentários

GD

GD

Enquete

Qual deveria ser a prioridade do próximo presidente?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 19/10/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,85 -0,91%

Algodão R$ 97,23 -0,18%

Boi a Vista R$ 136,00 0,00%

Soja Disponível R$ 76,20 0,93%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.