Cuiabá, Domingo 21/10/2018

Polícia - A | + A

14.01.2018 | 15h45

Servidor de VG mata mulher com 4 tiros e se mata

Facebook Print google plus
Marcus Vaillant

Casa do casal em VG onde IML buscou os corpos

Servidor da Prefeitura de Várzea Grande, Vitorino José da Cruz, o "Teté", por não aceitar a separação, matou a esposa, Célia Cristina Ferreira, 41, com 4 tiros de um revolver calibre 38, na região do tórax, neste domingo (14), na hora do almoço, por volta do meio dia, em uma casa de classe média, onde moravam, no bairro Pirinéu, em Várzea Grande.

Ele desferiu os tiros contra a mulher no quarto e depois atirou na própria cabeça.

Na casa, estavam também uma filha da mulher, de 23 anos, e um adolescente, de 15, filho de ambos, que viram o crime. Nos fundos moram os pais de Célia, que, por serem idosos, eram cuidados por ela. Eles também estavam em casa.

Amigos da família informaram que Teté chegou a comprar um carro, Sandero vermelho, seminovo, para a mulher, e a reformar a cozinha da casa, para convencê-la a ficar. No entanto, ela vinha repetindo que queria mesmo se separar e que mudaria do local.

Marcus Vaillant

Delegada Ana Cristina Fedner confirmou que foram 4 tiros  

Há 1 mês a possibilidade da separação vinha gerando brigas entre o casal. Tanto é que no sábado (13), ou seja, 24h antes do crime, o filho de 15 anos pediu a um amigo que dormisse na casa deles, porque o clima estava tenso.

A mãe do rapaz diz que não deixou somente porque queria o filho em casa, ajudando na obra que estava sendo feita. "Não dá para acreditar que isso tenha ocorrido, aparentemente era uma família feliz", comenta a vizinha.

Perícia analisou a cena do crime e o Instituto Médico Legal (IML) levou os 2 corpos para exame de necrópsia, antes do sepultamento.

Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.

Delegada Ana Cristina Fedner esteve no local do crime e assumiu o caso.

"Trata-se de um crime passional, foi um homicídio seguido de suicídio, um casal que já mantinha relacionamento há mais de 15 anos, e infelizemente ele não aceitava o término, a vítima gostaria de encerrar o casamento. Nessa manhã ele veio a desferir 4 disparos contra ela e na sequência se suicidou com um tiro na cabeça", detalha a delegada Fedner.

Voltar Imprimir

Comentários

GD

GD

Enquete

Qual sua avaliação do governo Temer nesse final de mandato?

Parcial

Edição digital

Domingo, 21/10/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 24,20 0,62%

Algodão R$ 119,18 0,13%

Boi a Vista R$ 128,75 0,59%

Soja Disponível R$ 76,00 0,93%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.