Cuiabá, Quarta-feira 14/11/2018

Política de MT - A | + A

06.02.2018 | 16h17

Botelho discorda de proposta de Taques para contingenciar duodécimo

Facebook Print google plus

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (PSB), discordou do governador Pedro Taques (PSDB) sobre uma eventual rediscussão dos valores de duodécimo repassados aos Poderes e a possibilidade de um contingenciamento de valores.

José Medeiros/Gcom-MT

Botelho discorda de proposta de Taques para contingenciar duodécimo

A rediscussão foi aventada por Taques durante discurso, na manhã desta terça-feira (6), na abertura do ano legislativo na Assembleia. Na ocasião, ele pediu que os deputados discutam nos próximos 3 meses o contingenciamento dos valores, através do Fundo de Estabilização Fiscal, para garantir os ajustes na administração pública.

Leia mais - Taques reclama de dificuldades e anuncia fundo para tampar 'buraco'

No entanto, de acordo Botelho, o repasse ao Poder Legislativo já vem reduzindo drasticamente, motivo pelo qual não há mais como se rediscutir um contingenciamento.

“Ele mostrou a real situação do Estado. Mas discordo dele na questão sobre os Poderes, uma vez que a contribuição [repassada] aos Poderes já vem diminuindo muito. Nós temos uma participação de 17,5% [do orçamento]. Este ano, com certeza, quando fecharmos as contas, vamos ficar bem abaixo de 14%”, disse.

Ainda segundo Botelho, a previsão é que o percentual do Orçamento relacionado aos duodécimos reduza ainda mais em decorrência da PEC de Gastos. “Não temos mais aqueles excessos de arrecadação, nem nada. Então, nesse aspecto, acredito que está equalizada a situação”.

Botelho também disse que foi pego de “surpresa” com a informação repassada por Taques, sobre a criação de um Fundo de Estabilização Fiscal, para recompor o déficit e assim, possibilitar o equilíbrio fiscal. A ideia é que o fundo seria temporário, por no máximo dois anos, e receberia recursos dos Poderes.

“Eu acho que ele quer tirar dinheiro de todo mundo aí. Mas nós não temos mais o que contribuir. Temos quase meio bilhão na mão do Governo. Janeiro não recebemos nada. Hoje é dia 6 e não recebemos nada. Temos quase meio bilhão na mão do Governo. Então, são situações que temos que discutir com mais profundidade”, encerrou. 

Voltar Imprimir

Comentários

Enquete

O que você pensa sobre a Black Friday?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 14/11/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 24,15 -0,41%

Algodão R$ 92,68 -0,52%

Boi a Vista R$ 130,57 -0,84%

Soja Disponível R$ 75,20 0,00%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.