Cuiabá, Terça-feira 19/03/2019

Política de MT - A | + A

trabalhos da Casa 28.02.2019 | 11h00

CPI contra sonegação é recebida e Wilson negocia relatoria

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

Apesar do deputado estadual Wilson Santos (PSDB) ter sido oficializado como presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigará suspeita de sonegação fiscal em Mato Grosso, o tucano deve ser substituído pelo colega de parlamento, Thiago Silva (MDB).

 

Leia também - Recurso por indicação de Maluf tem chance de ir ao Pleno

 

O decreto com a criação da CPI foi publicado nesta quinta-feira (28), no Diário Oficial Eletrônico da Assembleia Legislativa (ALMT), com Wilson Santos na presidência. Porém, já existe um entendimento para que o político fique na relatoria e Thiago Silva na presidência.

 

Parlamentar aceitou a articulação feita pela base do governo, sob argumento que a presidência deva ficar com a maior bancada, já que Wilson Santos não participa de nenhuma.

 

Nos bastidores, a informação é que Santos gostou do acordo, já que, como foi o propositor da CPI, poderá conduzir as convocações das empresas e pessoas nos trabalhos das investigações.

 

Chamada formalmente CPI da Sonegação e Renúncia Fiscal, a comissão traz como justificativa um relatório da Controladoria Geral do Estado (CGE) que aponta uma renúncia de R$ 7,1 bilhões, entre 2012 e 2017, pelo Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mato Grosso (Prodeic).

 

As empresas beneficiadas com as isenções geraram apenas 468 empregos durante os anos.

Voltar Imprimir

Comentários

Adiles - 09/03/2019

Penso que esta passando da hora de acabar com esta palhaçada de isentivo fiscal, hoje as empresas são automatizadas e a geração de emprego é mínima, precisamos descobrir o que é que esta por trás disso, o povo não é bobo, chega de enganação x corrupção!

1 comentários

1 de 1

Enquete

Brasil deveria interferir na situação na Venezuela?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 19/03/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,00 0,50%

Algodão R$ 90,48 -0,26%

Boi a Vista R$ 136,00 0,00%

Soja Disponível R$ 65,90 -1,64%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.