Cuiabá, Terça-feira 23/10/2018

Política de MT - A | + A

14.11.2017 | 08h12

Deputado Allan Kardec sinaliza deixar o PT e é assediado pelo PDT

Facebook Print google plus
JL Siqueira

Allan

O presidente do PDT em Mato Grosso, deputado estadual Zeca Viana, afirmou que a legenda tenta levar o deputado estadual Allan Kardec (PT) para o partido. De acordo com o parlamentar, a ida do petista é quase certa.

“A previsão é que ele saia e venha para o PDT, já está quase tudo acertado”, disse o presidente.

Kardec por sua vez afirma que ainda não há nada definido, mas caso troque de partido o PDT seria a opção.“Há muitas conversas e não sei dizer ainda, mas se sair será para o PDT, esse é o caminho”, disse.

No auge da crise envolvendo o PT quando Dilma Rousseff ainda era presidente do País, Allan ao ser convidado a deixar o partido, recusava de imediato e afirmava que não abandonaria a legenda naquele momento, pois nunca foi de fugir de debates ou enfrentamentos. Agora, que o PT não está mais no epicentro de qualquer crise política, ele admite a possibilidade de deixar o partido.

O presidente do PSB, deputado federal Valtenir Pereira, também manifestou o desejo de que o petista fosse para a legenda. Após seu retorno, os deputados federais e estaduais anunciaram uma debanda até até o final do ano. Caso isso aconteça, a sigla socialista perderá 4 cadeiras na Assembleia Legislativa e ficará sem representante no parlamento estadual. Dessa forma, Valtenir está de olho em Allan.

“Ainda não conversamos assim, mas ele já disse que tem interesse de dialogar e vamos alinhar essa situação. Ele é uma liderança em ascensão e tem um perfil muito próximo do PSB, então tem tudo a ver e ficaremos felizes em acolhê-lo caso ele decida sair do PT”, disse Pereira.

Faltando apenas um ano para as eleições estaduais, as trocas de partidos já são bastante comentadas nos bastidores. Nos últimos dias, foi cogitada a volta do deputado federal Valtenir Pereira para o PMDB. O parlamentar assumiu o PSB após o ex-presidente e todas as lideranças da legenda terem sido destituídas.

Valtenir por sua vez nega que esteja de saída do partido. Ele explica que está reestruturando o partido no Estado e não deixará a legenda. “Estão tentando me lubridiar, nós estamos organizando o partido no Estado, fizemos o diretório, e estamos trabalhando para segurar os deputados estaduais. Isso é conversa de adversário, pura maldade”.

Voltar Imprimir

Comentários

GD

GD

Enquete

O país vai voltar a se unir após as eleições?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 23/10/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 27,35 -1,80%

Algodão R$ 96,96 -1,03%

Boi a Vista R$ 125,20 0,16%

Soja Disponível R$ 70,20 0,29%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.