Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 23/07/2019

Política de MT - A | + A

controle de terceiros 14.04.2019 | 11h38

Dos 33,5 mil km de rodovias em MT, 985 são concedidos à iniciativa privada

Facebook Print google plus
Ana Flávia Corrêa

anaflavia@gazetadigital.com.br

Chico Ferreira

Chico Ferreira

Dos quase 33,5 mil quilômetros de rodovias estaduais em Mato Grosso, ao menos 985 são concedidas à iniciativa privada. As informações são da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística.

 

 

Leia também - BR-264 será totalmente interditada para sinalização de pista

 

Na manhã de sexta-feira (12), o governo repassou à empresa Via Brasil a responsabilidade de 188 quilômetros da MT-320. Rodovia passa pelas cidades de Alta Floresta, Nova Santa Helena, Nova Canaã do Norte e Colíder.

 

No ato, estiveram o governador Mauro Mendes (DEM), seu vice Otaviano Pivetta (PDT), além do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, o secretário de Infraestrutura, Marcelo Oliveira, representantes da Assembleia Legislativa e da empresa Via Brasil. 

 

De acordo com o secretário de Infraestrutura, Marcelo Oliveira, existem outras 14 manifestações de interesse a serem colocadas no mercado para novas concessões. Para ele, as rodovias sendo mantidas pela iniciativa privada é o 'futuro do estado'. 

 

"São quilômetros de estradas que temos que dar manutenção e o estado não tem condições. Nós vamos sempre ficar com esse grande problema nosso que é capacidade de endividamento, falta de capacidade de pagamento", disse. 

 

Mendes, no mesmo sentido, afirmou que é obrigação do Estado criar um ambiente favorável ao investimento, desburocratizando para que empresários tenham segurança ao investir no estado. 

 

"Vamos continuar nessa linha de buscar parceria público privada, buscar concessões, porque o estado brasileiro não é, o estado de Mato Grosso não é nenhum exemplo de eficiência para fazer gestão de muitas de suas obrigações. E na infraestrutura o melhor caminho tem se mostrado ao longo dos anos fazer as concessões". 

 

MT-320 

 

Rodovia deve passar por recapeamento e obras de ajuste de largura no acostamento. Empresa deve apresentar um plano de trabalho a ser executado nos próximos 364 dias. Em 2020, devem ser implementados dois pedágios, no valor de R$ 7, 90 cada.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Pedro - 15/04/2019

Mais uma vez o cidadão comum vai arcar com custos que seriam do estado ineficiente....que põe a culpa no servidor público, pela falta de condições de arcar com a manutenção das estradas. Já não bastam o Fethab e o anualmente cobrado IPVA, ainda somos obrigados a pagar pedágio se quisermos ir e vir, chegando aos nossos destinos com segurança de estradas bem conservadas.

1 comentários

1 de 1

Enquete

Segundo o presidente Jair Bolsonaro, é melhor ter menos direitos e ter emprego do que ter muitos direitos e não ter emprego

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 23/07/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,75 0,23%

Algodão R$ 90,53 0,24%

Boi a Vista R$ 136,00 0,24%

Soja Disponível R$ 66,05 0,26%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.