Cuiabá, Quarta-feira 20/02/2019

Política de MT - A | + A

familiocracia 07.02.2019 | 17h55

Emanuelzinho defende pai em primeiro discurso na Câmara

Facebook Print google plus

Arquivo pessoal

Arquivo pessoal

O deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, o “Emanuelzinho” (PTB), teve um momento sentimental em seu primeiro discurso no plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília. Ele foi o primeiro parlamentar a discursar no grande expediente desta quinta-feira (07) e lembrou a trajetória e os ensinamentos do pai, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB).

 

Parlamentar mais jovem de Mato Grosso a ser eleito, Emanuelzinho agradeceu os quase 80 mil votos recebidos na eleição, mas sem esquecer o apoio à família. “Agradeço a toda a minha amada família e, em nome deles, agradecer a um homem que tem me ensinado todos os dias, não por palavras, mas por gestos e ações, o valor da disciplina e da resiliência”.

 

Leia também - Emanuelzinho faz história em MT como deputado federal mais jovem

 

Segundo o deputado estadual, o pai o ensinou “que com muito trabalho, se chega onde quer” e é “um dos Pinheiros que encontrou na política um sentido de sacerdócio para a sua existência”.

 

Além da família, Emanuelzinho falou em seu discurso sobre a situação econômica enfrentada pelo país e os problemas que incomodam a população. “Encontrei em meu estado empresários e comerciantes esmagados pela alta carga tributária imposta por governos que não lhe devolvem o que devem. Encontrei mais de 12 milhões de desempregados no país, e mais de 150 mil no meu Mato Grosso, o que de forma ultrajante humilha qualquer pai de família”.

 

O parlamentar também cobrou os deputados sobre soluções para problemas como o déficit da Previdência, a alta carga tributária, assim como a discussão sobre o “pacote Anticrime” apresentado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. “Nossa gente espera de nós soluções. Medidas concretas que se não resolverem, ao menos deixem de atrapalhar a vida das pessoas”.

Voltar Imprimir

Comentários

Wilson - 08/02/2019

Não conheço esse rapaz e nem quero. Seria mais prudente ficar calado. Seu pai disse que tem provas robustas sobre esse caso, então que as apresente ao povo de Mato Grosso. As filmagens foram mostradas para todo o Brasil e será que só vocês estão com a razão? É o que dá a nossa justiça demorar para investigar pois aí os possíveis culpados posam de paladinos da moralidade.

marcos lemos - 08/02/2019

Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

cidão - 07/02/2019

como ele iria acusar o pai afinal onde foi parar aquele mensalinho no governo silval barbosa,é por isso que cuiaba esta sempre andando para tráz devido pessoas como essa eleita por pessoas que ainda não aprenderam a votar.

3 comentários

1 de 1

Enquete

Abriria mão de direitos como 13º e FGTS por uma remuneração maior?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 20/02/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,60 -1,01%

Algodão R$ 92,41 0,72%

Boi a Vista R$ 138,00 2,37%

Soja Disponível R$ 67,50 -0,15%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.