Cuiabá, Quinta-feira 21/02/2019

Política de MT - A | + A

25.04.2017 | 12h01

'Este governo não aceita ingerências', diz Taques sobre TCE

Facebook Print google plus

O governador Pedro Taques (PSDB) expôs em público o 'conflito' que atualmente existe entre o Executivo estadual e o Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), depois que o presidente desta instituição, conselheiro Antonio Joaquim, anunciou que vai processar o Estado para garantir a auditoria no controle de exportações.

Na manhã desta terça-feira (25), durante seu discurso na posse de procuradores do Estado, Taques disse que não aceita ingerências que sejam “descabidas” e nem que seus secretários sejam constrangidos por conta de pedidos que sejam contra a lei. “A Constituição precisa ser preservada e este governo não aceita ingerências que sejam descabidas, ingerências que a nossa Procuradoria Geral do Estado possa rechaçar.Eu não aceito que secretários do meu governo sejam constrangidos”, afirmou.

A ingerência a que se refere o governador é a requisição, por parte do TCE, de dados referentes às exportações das empresas, além de levantamentos sobre fiscalizações, relatórios gerenciais e estudos produzidos pela Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz), no período de 2013 a 2016. Tais documentos foram negados pelos secretários de Fazenda ao TCE pelo fato de serem dados sigilosos, conforme prevê a Constituição.

Direcionando seu discurso ao conselheiro Moisés Maciel, que no evento estava representando o TCE, Taques também demonstrou que o clima entre ele o Antonio Joaquim, não está na sua melhor fase ao afirmar seu respeito a todos os conselheiros, citando todos, menos o presidente.

“Em seu nome, eu quero expressar respeito. Leve o meu respeito ao conselheiro Valdir Teis, ao conselheiro Valter Albano, ao conselheiro Novelli, ao conselheiro Luís Carlos, ao conselheiro Luís Henrique, aos conselheiros do Tribunal de Contas e ao Ministério Público em especial”, disse o governador.

Segundo Taques, apesar de respeitar as instituições, ele prefere seguir a Constituição. “Quero dizer aqui de público o respeito que tenho por vossa excelência, pelos conselheiros do Tribunal de Contas, pelo Tribunal de Contas do nosso Estado, uma instituição séria, que tem colaborado para que nós posamos chegar a esse momento histórico, mas este governo não tolera a ilegalidade. Como diria Platão, sou amigo de todos, ma sou mais amigo da Constituição”, falou.
 

Voltar Imprimir

Comentários

Professor - 25/04/2017

Concordo, Senhor Governador, esse analfabeto não sabe nem o que está fazendo lá, é raposa velha da política que perdeu eleição e foi mamar em outra esfera do Estado, o TCE, que deve inclusive, provar a que veio, detalhe, o Estado brasileiro deve ser diminuído, não podemos perder essa direção de vista, senão não iremos recuperá-lo, que é fundamento maior no momento.

1 comentários

1 de 1

Chico Ferreira

Chico Ferreira

GD

GD

Enquete

Trocaria a energia elétrica pela energia solar em sua casa?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 21/02/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 25,25 -0,79%

Algodão R$ 91,32 -0,52%

Boi a Vista R$ 138,40 1,21%

Soja Disponível R$ 68,00 -0,73%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.