Publicidade

Cuiabá, Domingo 15/09/2019

Política de MT - A | + A

8º mês de gestão 06.08.2019 | 14h54

‘Fui eleito para consertar MT’, diz Mendes sobre incentivos fiscais

Facebook Print google plus

Mayke Toscano/Secom-MT

Mayke Toscano/Secom-MT

O governador Mauro Mendes (DEM) analisa as medidas que precisou tomar - algumas impopulares - para equilibrar as contas do Estado, e que busca pagar os salários dos servidores integralmente até o dia 10.

 

“Eu considero que fui eleito para consertar o Estado de Mato Grosso”, reforça Mendes, ao relembrar a situação econômica que encontrou ao tomar posse do Palácio Paiaguás. Ele analisa que melhorou muito, mas que ainda tem um longo caminho ainda a percorrer.


O decreto de calamidade financeira, que prevê uma série de medidas de controle, reavaliação e contenção de todas as despesas públicas, foi prorrogado novamente em julho. O primeiro decreto, assinado em janeiro deste ano, possuía validade de 6 meses, e acabou sendo prorrogado por mais 120 dias.

 

Leia também - PSL nacional quer Barbudo candidato a prefeito em Cuiabá


“Já melhorou muito, mas ainda está distante do que gostaríamos, porque é um dever do Estado pagar em dia o seu servidor, mas é um dever do Estado também pagar em dia os seus fornecedores nas diversas áreas”, disse. 


O chefe do Executivo estadual ainda relembra que, além da falta de pagamento de servidores, se deparou com mais de 11 mil fornecedores sem recebimento, e não se distrai da dívida de R$ 3,5 bilhões. “Em algumas áreas estamos em dia e em algumas não, mas nós estamos caminhando numa situação muito melhor do que de janeiro”, observa.


Uma de suas medidas que contribui para o equilíbrio das contas, de acordo com ele, é a Lei de Incentivo Fiscais, aprovada na última semana. O projeto poderá corrigir “distorções” de incentivos fiscais para alguns setores, além de criar condições para que as demandas dos servidores públicos sejam atendidas.


Por volta do dia 10, os servidores poderão ter seus salários pagos integralmente. “A melhoria da arrecadação tem que ser usada para o bem do servidor, e ser usada para melhorar a prestação do serviço pra sociedade, pagar os fornecedores para que preste um serviço melhor e pagar as prefeituras. Esse ano não temos nenhum atraso com as prefeituras na área da saúde, e isso já é dito nos quatro cantos de Mato Grosso”, garante.

 

Mendes ainda é otimista com os números que poderá mostrar em outubro no balanço quadrimestral do Estado, que poderá inclusive reverter a imagem de “mal pagador” de Mato Grosso.“Já houve um recuo em relação a ano passado, mas eu espero chegar ao final do ano muito mais equilibrado e pagando em dia, porque quem paga corretamente compra melhor. Isso vai melhorar a condição fiscal e trazer mais economia pro estado”, disse.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Paulo - 06/08/2019

Só mentira sr governador. O sr tbm foi eleito pelos servidores para quem vc e a de janaina fizeram promessa.

joaoderondonopolis - 06/08/2019

Medidas impopulares somente contra os professores. Não mexeu nos poderes, ao contrário, aumentou o valor dos repasses aos poderes, os poderes consomem quase toda a arrecadação.

2 comentários

1 de 1

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Turismo internacional cresce no mundo, mas recua no Brasil segundo a Organização Mundial do Turismo. Qual a principal causa?

Parcial

Edição digital

Domingo, 15/09/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,85 -0,25%

Algodão R$ 93,71 -0,76%

Boi a Vista R$ 132,49 -0,06%

Soja Disponível R$ 65,50 0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.