Cuiabá, Sábado 22/09/2018

Política de MT - A | + A

03.07.2017 | 10h51

Jayme defende anulação de moção de repúdio à guarda municipal

Facebook Print google plus

O secretário de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande Jayme Campos (DEM) acredita que a moção de repúdio aprovada por 16 vereadores do município contra a guarda municipal Steffany Anjos da Silva por ter multado o vereador Elilei Roque de Cezaro, o Neni Chimarrão (PTC), deve ser anulada por “questão de boa vontade e de entendimento”. 

Leia também - Vereadores de VG causam vergolha alheia com moção

Reprodução/Jornal Hoje

Guarda municipal Steffany Anjos afirma que vai continuar multando quem infringir a lei

No último dia 30 de junho, o parlamentar estacionou em local proibido, que está devidamente sinalizado, e trancou uma rampa de acesso a cadeirante, a poucos metros da Prefeitura de VG. Detalhe: ao lado do órgão fica a Câmara Municipal, onde o vereador tem vaga exclusiva.

O caso ganhou repercussão nacional, sendo exibido no Jornal Hoje do último sábado (1º) e também foi alvo de repúdio por parte da OAB-VG, que defendeu a guarda municipal, que afirma que os vereadores podem repudiá-la quantas vezes quiserem, mas vão ser multados sim caso derespeitem a lei.

Leia também - Agente manda recado a vereadores infratores

Chico Ferreira

Jayme Campos comentou o caso na rádio

Em entrevista à Rádio Capital FM, na manhã desta segunda-feira (3), Jayme Campos classificou o caso como um mal entendido e defende que os vereadores façam uma reflexão no sentido de rever a postura.

“Houve um mal entendido. Nesse caso, particularmente, parece que a Câmara se sentiu ofendida e fez essa manifestação em relação à guarda municipal. Esse é um assunto superado. Certamente, os próprios vereadores estarão fazendo uma reflexão e ver se realmente houve exagero ou não, cabe a eles fazer essa reflexão, até porque não foi um só, são vários vereadores que votaram na moção”.

Por outro lado, ele destacou a possibilidade de ter havido equívoco também por parte da guarda municipal, já que aquele era dia de pagamento do IPTU, o que lotou o estacionamento da Prefeitura. “De qualquer maneira, eu acho que isso é muito bom para que volte a ter um diálogo, um entendimento melhor. Houve, talvez, um exagero por parte do vereador que propôs a moção, mas também porque os vereadores ponderam que a guarda realmente estava exagerando em determinados momentos, multando, sobretudo, naquele exato momento que estavam aguardando o prazo do IPTU, no dia 30, e estava com muita dificuldade de estacionamento por parte da Prefeitura. Por isso o vereador questionou a multa”, explicou.

Ao final, Jayme deu o caso por encerrado, já que há assuntos “mais importantes” a serem tratados. “É um assunto superado, insignificante, na medida em que o município tem coisas muito mais importantes para serem tratadas”.
 

Voltar Imprimir

Comentários

Sup GM MARQUES - 04/07/2017

Quanto a esta infringência do Código de Trânsito na terra de Couto e de cotós: ?EXISTE SIM VERDADE ABSOLUTA? (Enéas Teles, Caio Augusto, Roger Scruton, Valter da Rosa, Paul Sartre, Joni Baltar, Einstein, Lewis, Falabella, Orwell, Tagore, Osho)... Ocorre que, até o presente, somos ou estamos subjugados ao desconstrucionismo relativista e sócio-comuna do MARXISMO CULTURAL de Antonio Gramsci (tão adorado pelas universidades burróides do Brasil e do mundo): ?NÃO EXISTE VERDADE ABSOLUTA? (Platão, Marx, Hegel, Nietzshe, Agnaldo, Lacan, Affonso, Dalai, Skinner)... Ou seja, pode ser que 2 + 2 não resulte em 4 (sic), também vai que estacionar em local proibido possa ser permitido só para os nobres edis ou cometer quaisquer outras infrações seja o correto e justo nos conformes do CTB, quiçá ainda merecedor de ?moção de aplauso?... Kkkk. Parabéns a guerreira, nossa parça! Para vereadora no próximo pleito ?proporcional?: ?GM ANJOS CONTRA MARMANJOS? ou ?GM STEFFANY DA LEI?... Vai ser barbada!!!

1 comentários

1 de 1

Enquete

O horário político no rádio e TV está sendo útil na sua escolha pelos candidatos?

Parcial

Edição digital

Sábado, 22/09/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 24.200 0.620

Algodão R$ 119.180 0.130

Boi a Vista R$ 128.650 -0.270

Soja Disponível R$ 71.000 -0.700

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.