Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 19/08/2019

Política de MT - A | + A

Mauro fala em nojo 06.07.2019 | 11h50

Mauro e Wilson elevam tom de enfrentamentos políticos

Facebook Print google plus
Noelma Oliveira e Pablo Rodrigo

redacao@gazetadigital.com.br

arquivo

arquivo

O clima tenso entre o governador Mauro Mendes (DEM) e o deputado Wilson Santos (PSDB), opositor do democrata, promete ficar mais acirrado a partir da próxima semana, quando será colocado em votação o projeto do Executivo que trata da reinstituição dos incentivos fiscais.

 

Politicamente, os dois sempre estiveram em campos opostos. Mesmo em 2016, quando o antigo partido de Mauro, o PSB, se coligou o PSDB na disputa à Prefeitura de Cuiabá, os dois não colocaram os pés no mesmo palanque. À época, o tucano ainda insistiu pelo apoio de Mendes. Agora, as rusgas entre os dois só têm aumentado e, na quinta-feira (4), o governador disse ter "nojo do tipo de político" do tucano. 

 

Leia também - Mauro rebate opositores e prevê R$ 500 milhões de receita

 

Na Assembleia Legislativa, há duas semanas, Wilson em uma atuação conjunta com o petista Lúdio Cabral tem conseguido atropelar a tramitação do projeto do governo. Além disso, em audiência pública para discutir o assunto, o tucano elevou o tom crítico e se juntou a dezenas de representantes de classe contrário à revisão dos incentivos fiscais.

 

"Este tipo de político que uma  hora fala uma coisa, depois outra, isso com todo respeito, me dá nojo. Nós precisamos fazer política com a verdade, podemos até divergir, podemos ter até ideias diferentes, mas precisamos falar a verdade, ser coerente", disse Mendes em entrevista se referindo ao desafeto político, que neste início deste ano fez uma campanha pela taxação do agronegócio. Vários setores da economia estão inseridos neste projeto do governo, que aumenta e regulamenta, dependendo do caso, a concessão dos incentivos fiscais.  

 

Mauro alega que está procurando fazer um trabalho sério. Pediu ainda que o tucano ao apontar os problemas, mostre também as soluções. "Nós estamos com esta lei que eu acredito que é uma boa solução, que pode ser melhorada, não existe nada neste mundo que não possa ser aprimorado. Eu tenho certeza que a Assembleia vai ajudar neste aprimoramento e que ao final teremos uma excelente lei", reforça.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Aroldo Nunes - 06/07/2019

Wilson Santos joga pra galera. Em relação a taxação de impostos ele esta correto. Mauro ta brincando em subir impostos. Em referência a pesca, tem que fechar mesmo Não tem mais peixe no rio

1 comentários

1 de 1

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Já começaram as discussões para as eleições municipais de 2020. Você pretende acompanhar?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 19/08/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,40 -0,73%

Algodão R$ 90,55 -1,11%

Boi a Vista R$ 131,75 -0,69%

Soja Disponível R$ 70,74 -0,83%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.