Publicidade

Cuiabá, Domingo 15/09/2019

Política de MT - A | + A

23.10.2016 | 11h22

'PEC 241 é desastrosa'

Facebook Print google plus

O deputado federal Ságuas Moraes (PT) defendeu a votação das reformas propostas pelo presidente Michel Temer (PMDB) antes da conclusão da tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, que estabelece um teto de gastos para o Poder Público.

O posicionamento do petista é semelhante ao entendimento do governador Geraldo Alckmin (PSDB), que embora apoie a PEC, acredita que seria mais eficaz a análise das mudanças na legislação trabalhista, na previdência e no código tributário.

Ságuas, um dos opositores da PEC que já foi aprovada em primeiro turno na Câmara dos Deputados, classificou os efeitos do projeto como desastrosos. “A PEC diz que todos os gastos, a partir do ano que vem, tem que ser limitados à infla- ção do ano anterior. Neste momento em que o PIB é negativo e a inflação é alta não teremos grandes problemas. Mas a partir do momento que o PIB crescer e a inflação cair será um desastre”.

O petista acredita que a proposta, que define o teto pelos próximos 20 anos, vai engessar estados e municípios. “O próprio Alckmin, aliado de primeira hora deste governo, tem reclamado disso. Já tem a Lei de Responsabilidade Fiscal, já tem a Constituição, então acredito que esta proposta seja desnecessária”.

No início do mês, quando esteve em Cuiabá, o governador paulista defendeu a aprovação das reformas propostas por Temer. “Sou favorável à PEC 241, mas votaria primeiro as reformas, porque você tem um risco de aprovar primeiro a PEC e as reformas ficarem para o ano que vem. Isso traz um risco de que elas até não ocorram. É essencial, até para se cumprir a PEC, a aprovação das reformas”.

Ao comentar tal declaração, Ságuas deu razão ao tucano. “Somos adversários, mas ele está corretíssimo. Não dá para colocar o capital financeiro à frente dos interesses da população. No caso da reforma da previdência, por exemplo, ela é necessária, mas tem que ter cautela, porque há os direitos garantidos que precisam ser Deputado Ságuas Moraes, assim como Alckmin, acredita que reformas deveriam ser apreciadas antes respeitados”.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Armindo de Figueiredo Filho Figueiredo - 23/10/2016

Só se for em sua "ÓTICA"!!!!.Como que é "DESASTRE?????!!"! ORA BOLAS!!! Há muito, que este país já deveria ter adotado esse controle de gasto. Todos os Governos anteriores, saquearam ""os cofres públicos""" Mas.., já vão fazer dois anos (desde a posse) e agora..., que todos eles acordaram para a realidade ... É BRINCADEIRA!!!!!Se, desde a posse até hoje, não colocaram as finanças em dia!!! Não encontraram o Ponto de Equilíbrio nas Contas. As DESPESAS, continuam massacrando as RECEITAS!!!! Sinceramente!!!! ... , não sei o que esse Sr.Ságuas, fez até agora!!!Ele sim..., tem se demonstrado até agora, "INOPERANTE E DESASTROSO" . É de lascar mesmo!!!! HOJE,QUEM É CONTRA ESSA PEC (241), que limita os gastos, é>>>>>PORQUE SEMPRE MAMARAM NAS TETAS DO GOVERNO"" E NÃO QUEREM PARAR DE SER AMAMENTADO... Querem exemplo???? Pergunta se os "PT" e outros,(que são contra), ficaram contentes com essa PEC ???? CLARO!!!! QUE NÃO. Pois, mamaram tanto que o país, esta nessa "CRISE GENERALIZADA". Se não aparecesse o "LAVA JATO", estariam mamando até hoje, e o país cada vez mais no fundo do poço. E mais uma vez, o Sr. Ságuas...., há muito...vem demonstrando, através da mídia, os seus atos "IMPOPULARES", e o povo vem notando isso. Sempre discordando e votando contra o anseios do povo. É só questão de tempo Sr. Ságuas..., nas próximas eleições, em que almejares algum cargo eletivo... pense duas, três vezes, que o povo agora está de olho. Portanto fica dado o "RECADO" ,... essa PEC, veio para colocar um "FREIO", "UM BASTA" no descontrole de despesas e gastos "DESNECESSÁRIOS" que os governos, inclusive esse, que o Sr. representa no Congresso vem praticando até agora. CHEGA!!!!! Não li, a matéria, e nem vou perder tempo.... Apenas, Só mais uma pergunta.., Que "DESASTRE" trará para a sociedade???? NENHUMA!!!!Esta, está cansada de pagar o pato, as falcatruas, os desvios, os escândalos, as rapinagens,as quadrilhas que assaltam o dinheiro público, por não ter uma "LEI" que estanque essa "SANGRIA" . E que esse "RIO DE DINHEIRO", parte de uma "DESPESA" que não tem "TETO", NÃO TEM LIMITE" por parte de governo nenhum..Fica agora os governantes, a respeitarem essa PEC..., e torná-la "LIVRO DE CABECEIRA" para os RESPONSÁVEIS que autorizam tais despesas. E Estamos conversad

alex - 23/10/2016

desastre e deixar o PT partido dos trabalhadores comandar o país isso sim seria o desastre o problema Deputado Saguas moraes é que o deputado e seu partido não aceita ver o país desenvolver com outro governo .

2 comentários

1 de 1

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Turismo internacional cresce no mundo, mas recua no Brasil segundo a Organização Mundial do Turismo. Qual a principal causa?

Parcial

Edição digital

Domingo, 15/09/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,90 0,24%

Algodão R$ 92,77 -0,63%

Boi a Vista R$ 130,56 0,00%

Soja Disponível R$ 68,10 0,59%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.