Cuiabá, Quarta-feira 19/09/2018

Política de MT - A | + A

05.12.2017 | 12h34

Prefeito de Cuiabá garante que SEC 300 ficará melhor com mudanças

Facebook Print google plus

O prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) afirmou que o novo projeto da Secretaria Extraordinária dos 300 anos (SEC 300) será aprimorado com respaldo do Tribunal de Contas do Estado (TCE) antes de ser encaminhado para a Câmara de Vereadores.

"A SEC 300 foi criada para fazer a função de articulação junto as secretarias e as outras instâncias de Poderes e instituições, e inclusive junto aos segmentos orgânicos da sociedade com foco nas ações para Cuiabá dos 300 anos. A estrutura dela é enxuta e desrespeito a pessoal, um custeio que vai fazer esse papel de articulação. Entretanto tivemos um debate em relação a matéria na câmara e viu-se a necessidade e em nome da transparência estamos aperfeiçoando o projeto para a Câmara", disse o prefeito.

A extinção da secretaria foi determinada pelo TCE, após representação protocolada pelo vereador Marcelo Bussiki (PSB). O principal ponto ressaltado pelo vereador é de que o projeto não apresentou a declaração do prefeito, de que as despesas criadas não afetariam as metas fiscais, bem como o plano de compensação para garantir que as despesas continuadas sejam quitadas.

"Está sendo recriada a secretaria e o prefeito optou por isso para não haver divergências no posicionamento jurídico. O vício encontrado poderia ter sido suprido só com o envio da documentação, mas o prefeito preferiu a recriação", disse o líder do prefeito na Câmara de Vereadores, Lilo Pinheiro (PRP).

Vereadores contrários

Alguns vereadores usaram a tribuna na manhã desta terça-feira (5) para se posicionar contra a recriação da secretaria. Felipe Wellaton (PV) que votou contrário desde o primeiro projeto, afirmou que a nova pasta é um gasto desnecessário para a prefeitura nesse momento de crise econômica.

"Convocamos toda a população que é contra essa secretaria, a virem para a Câmara e protestar contra essa nova despesa desnecessária. Estamos em tempos de crise e querem criar novos cargos e uma pasta nova, sendo que esse dinheiro poderia ser investido em melhorias para a Capital", disse o vereador.

Voltar Imprimir

Comentários

Benedito campos - 05/12/2017

Se o vereador não solicitasse analise do MPE, estaria tudo correto em prefeito, me engana que eu gosto. Seria mais um pulo do gato.

1 comentários

1 de 1

Enquete

Você sabe o que é o voto útil?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 19/09/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21.300 -2.740

Algodão R$ 117.240 -0.230

Boi a Vista R$ 129.750 0.390

Soja Disponível R$ 74.500 -0.670

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.