Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 20/05/2019

Política de MT - A | + A

paralisação 15.05.2019 | 11h57

'Vamos todos fazer greve', ironiza Mendes diante de anúncio

Facebook Print google plus

Reprodução

Reprodução

Diante do anúncio de paralisação dos servidores do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT), o governador Mauro Mendes (DEM) voltou a declarar que greve não é solução. Ele enfatizou que greve é um direito dos servidores, mas a educação deve ser melhorada não só com aumento de salários.

 

Leia também - Sintep convoca professores para greve geral a partir do dia 20

 

Durante evento, nessa terça-feira (14), o gestor ainda ironizou que se parar o serviço resolvesse alguma coisa, ele também faria greve. “Vamos todos fazer greve. O governador faz greve, o empresário faz greve, o jornalista faz greve, se isso resolver teremos um estado muito melhor”, destacou.

 

Mendes declarou que o Estado tem grandes dificuldades em pagar os salários, pois a folha aumentou muito nos últimos anos. Reconhece, porém, que o Sintep tem todo direito de aderir ao movimento.

 

“Mato Grosso tem o terceiro melhor salário e ocupa a 21ªcolocação como pior educação. É o momento de refletir um pouco sobre melhorar a educação. Não é só melhorando salário que vai melhorar educação”, ressalta.

 

Sintep ameça greve

 

O Sintep decidiu por convocar a categoria após reunião com representantes do governo. O Sindicato alega que o governo não deu respostas às demandas. 

 

A classe cobra, entre outros, reajuste salarial, melhor infraestrutura e concurso público.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Professor - 15/05/2019

Nossa!!!! Ironiza??? É compreensível... profissionais da educação desde que ele entrou passam necessidades. Por outro lado o dito, irônico, nada de braçadas com todas despesas pessoais custeadas pelo governo do Estado. Além de dobrar despesas com condominio de luxo para seus ditos seguranças.

Fiscal da geral - 15/05/2019

Fico feliz que o Estado de Mato Grosso ainda tenha professores e outras categorias aguerridas e disposta a lutar pelos seus direitos e quero dar parabéns aos professores, os mais sofridos e os que tem mais coragem de ir a luta. De certa forma é verdade que as finanças não vão lá tão bem assim, parece ser verdade também alguns pontos sobre a necessidade da reforma da previdência. Até algum limite concordamos, mas aceitar que o Estado pague RGA para o Tribunal de Justiça, Para o Ministério Publico, TCE e AL e não paga, desde 2018 para os servidores do Executivo e ficar calado e o mesmo que ter vivido na senzala tomando chibatadas sem se revoltar. A escravidão acabou a muito tempo. Vamos lá guerreiros. A derrubada do mentiroso.

Giovane - 15/05/2019

Sai um ruim entra outro pior...

3 comentários

1 de 1

GD

GD

Enquete

77% dos brasileiros costumam se automedicar. Qual sua opinião?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 20/05/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,60 2,76%

Algodão R$ 90,53 -0,31%

Boi a Vista R$ 135,87 -0,10%

Soja Disponível R$ 66,40 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.